GP às 10: Hamilton vai a Sepang para exorcizar demônios e dar passo crucial rumo ao tetra

No GP às 10 da noite desta segunda-feira (25), Fernando Silva fala sobre o favoritismo de Lewis Hamilton para o GP da Malásia e a chance de deixar no passado a frustração pela quebra de motor que lhe tirou da briga pelo título há um ano. O jornalista também destacou o ‘racer’ Fernando Alonso, que deve ter seu futuro decidido nesta semana, e a participação de Gianluca Petecof no Mundial de Kart

Um ano depois de enfrentar uma das maiores frustrações da sua carreira como piloto na F1, Lewis Hamilton tem a chance de exorcizar os demônios de Sepang e finalmente partir rumo ao tetracampeonato. É o que afirma Fernando Silva na edição do GP às 10 na noite desta segunda-feira (25). Mas Silva atenta para o fato de Sebastian Vettel ser o dono do maior número de vitórias na Malásia e também para a chuva, que tem boas chances de dar as caras no domingo.

 
O jornalista também falou sobre Fernando Alonso, que deve ter seu futuro definido nesta semana. Para Silva, a vontade mostrada pelo espanhol de voltar a vencer mostra o quanto ele é um competidor genuíno, que não tem mais nada a provar. Por fim, destaque para a participação dos brasileiros, sobretudo de Gianluca Petecof, sexto lugar no Mundial de Kart da FIA na Inglaterra, no último fim de semana.

O 'GP às 10' é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO e convidados especiais sempre às 10h, do dia e da noite.

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

Veja aqui todas as edições do 'GP às 10'.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube