F1

GP às 10: Jacarepaguá, telefoto e Motel Monza: Flavio Gomes lembra os bastidores do GP do Brasil de 1988

Na semana da disputa do GP do Brasil de F1, Flavio Gomes volta no tempo e recorda como foi a primeira vez em que cobriu o evento. Foi há 30 anos, em 1988, quando a corrida era disputada em Jacarepaguá, Rio de Janeiro
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Ayrton Senna no GP do Brasil de 1988 (Foto: McLaren)
A semana do GP do Brasil de F1 é sempre especial porque traz novamente à tona momentos inesquecíveis que marcaram a história da prova. Desde a década passada, quando o evento passou para a parte final do calendário do Mundial, muitos títulos já foram decididos em Interlagos. Fernando Alonso, por exemplo, se consagrou como bicampeão em Interlagos, assim como Jenson Button em 2009 e Sebastian Vettel em 2012. E como não mencionar a inesquecível decisão do título de 2008, em que Felipe Massa foi campeão por 30s?
 
Mas Flavio Gomes volta ainda mais no tempo e recorda como foi a primeira vez em que teve a chance de cobrir uma corrida da F1. Foi no GP do Brasil de 1988, quando a prova era disputada no saudoso circuito de Jacarepaguá, que deu lugar ao que é o Parque Olímpico do Rio. Muito longe da Era Digital dos tempos de agora, a cobertura jornalística de um evento de tamanho porte era um grande desafio e trazia suas dificuldades. Como, por exemplo, a transmissão e recebimento das fotos para a diagramação no jornal.
 
No GP às 10 desta manhã de segunda-feira (5), o jornalista conta detalhes e curiosidades que marcaram uma cobertura inesquecível na sua trajetória profissional.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.