GP às 10: Hamilton x Verstappen é conflito de gerações para marcar época na F1

Um duelo de gerações. É como Flavio Gomes avalia o conflito entre Lewis Hamilton e Max Verstappen no GP às 10 desta terça-feira (27)

Lucas Di Grassi passou pelos boxes durante o safety-car para ganhar posições (Vídeo: Fórmula E)

É semana de uma nova etapa do Mundial de Fórmula 1, a última antes do recesso de verão na Europa, e Flavio Gomes aproveita o GP às 10 desta terça-feira (27) para avaliar o contexto do duelo entre Lewis Hamilton e Max Verstappen. Para ele, um duelo de gerações como poucos na F1.

A lembrança é que a construção de troca de guarda, com um novo piloto ameaçando e retirando o controle das ações do veterano considerado o maior de seu tempo não é necessariamente nova. Ayrton Senna teve de lidar com Michael Schumacher, que encarou Fernando Alonso e assim funcionam as coisas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Arábia Saudita se candidata a receber rodada dupla e corrida sprint na F1

O que há de diferente neste duelo, de um Verstappen nascido no tão próximo ano de 1997 em que a internet já era realidade, é que há possibilidade de ambos se enfrentarem por anos. Sim, porque até 2020, apesar de dividirem o grid, não brigavam pelas mesmas coisas no campeonato. Agora, sim. E é provável que esta estrutura se mantenha nas próximas temporadas.

Além da Fórmula 1, o jornalista comenta a situação do eP de Londres da Fórmula E no último domingo, quando a Audi e Lucas Di Grassi agiram de maneira criticável na busca por levar vantagem.

Assista, curta e comente o GP às 10 de hoje:

Hamilton x Verstappen é conflito de gerações para marcar época na F1 | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar