GP às 10: Não adianta F1 mudar regras, criar músicas e ser apresentável se tem pilotos-cordeiros desinteressantes

Ainda que a F1 tente chamar o público para as corridas, a maior das categorias esbarra em personagens pouco interessantes e sem nenhum apelo, muitas vezes submissos às equipes, como ficou claro com Charles Leclerc na última corrida. Victor Martins discorre sobre o tema na edição desta noite de sexta-feira (22) do GP às 10

No GP às 10 desta sexta-feira (22), Victor Martins critica o fato de grande parte dos pilotos da F1 serem personagens completamente submissos, seja pelos motivos que forem, contrastando com a tentativa de a direção da categoria em chamar o público para as corridas. O jornalista pegou como exemplos Charles Leclerc — que, em vez de partir pra cima de Sebastian Vettel, foi ao rádio perguntar à Ferrari se deveria ficar atrás do companheiro —, Valtteri Bottas — que só sendo o 'porra-louca' que foi na Austrália pode pensar em título —, Max Verstappen e Kevin Magnussen — os únicos que não estão nem aí pra nada e guiam para ganhar.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube