GP às 10: Pelo bem da F1, Liberty Media precisa adotar medidas para reduzir abismo orçamentário

Flavio Gomes comenta a declaração recente de Zak Brown, chefe da McLaren, de que a F1 é “uma bomba-relógio prestes a explodir”. E o grande problema, na visão do jornalista, é o abismo orçamentário que separa as grandes Mercedes e Ferrari do resto das equipes

Chefe da McLaren, Zak Brown veio a público na última quarta-feira e alertou o mundo do esporte ao dizer que a “F1 é uma bomba-relógio prestes a explodir” e clamou por uma intervenção rápida do Liberty Media. No GP às 10 desta manhã, Flavio Gomes comenta a fala do dirigente norte-americano e concorda. O jornalista vai além e diz que a F1 precisa urgentemente equilibrar a competição e reduzir o abismo orçamentário que separa as equipes grandes, como Mercedes e Ferrari, do restante do grid. Uma diferença tão brutal que tende a destruir o próprio esporte.
 
O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.
 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora