GP às 10: Por que evolução de Ricciardo na McLaren caminha a passos lentos?

Daniel Ricciardo obteve uma vitória em 2021, mas a conquista não apaga uma temporada irregular que o australiano faz em seu primeiro ano com a McLaren. Por isso, o GP às 10 tenta entender a razão pela qual o piloto enfrenta tantas dificuldades

Daniel Ricciardo enfrenta em 2021 uma temporada das mais difíceis na Fórmula 1. Em seu primeiro ano como piloto da McLaren, o australiano vem apresentando uma performance inconsistente, muito em função da dificuldade de adaptação ao carro inglês, apesar da enorme experiência que possui na maior das categorias do esporte a motor. É bem verdade que o dono do carro #3 chegou a vencer uma corrida neste ano, mas isso não apagou os desempenhos irregulares.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Na comparação com o companheiro Lando Norris, os números gerais de Ricciardo desejam a desejar.  Enquanto o jovem inglês ocupa a quarta colocação no Mundial de Construtores, com 145 pontos, Daniel aparece em oitavo, com 95 – muito por conta do triunfo no GP da Itália.

E ainda que a conquista em Monza tenha sido genuína – o ritmo da McLaren foi forte o tempo inteiro, especialmente em termos de velocidade de reta –, Ricciardo segue se deparando com problemas para tirar mais do MCL35M. Por isso, o jornalista João Pedro Nascimento faz uma análise da temporada e tenta entender a razão pela qual o australiano vem tendo mais contratempos que o esperado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar