F1

GP às 10: Por que substituição de Gasly por Hülkenberg seria maior erro da Red Bull na Fórmula 1

Especialista em fritar jovens pilotos, a Red Bull cometeria o maior erro da sua história na F1 se queimasse Pierre Gasly e substituísse o francês por Nico Hülkenberg, afirma Fernando Silva no seu GP às 10 desta manhã de terça-feira

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
No GP às 10 desta manhã de terça-feira (4), Fernando Silva fala sobre o rumor a respeito de uma eventual mudança na dupla de pilotos da Red Bull na Fórmula 1 para 2020, com a saída de Pierre Gasly e a chegada de Nico Hülkenberg. Na visão do jornalista, seria o maior dentre os tantos erros da Red Bull, especialista em fritar jovens pilotos como Sébastien Buemi, Jean-Éric Vergne, Jaime Alguersuari, Daniil Kvyat e António Félix da Costa.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.


Paddockast #20
Punições tardias, circuitos chatos... O que tem de acabar no esporte a motor?



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.