carregando
F1

GP às 10: Pressão do programa da Red Bull beira o inexplicável e amedronta pilotos

No GP às 10 deste domingo (3), Felipe Noronha cita o exemplo de Jüri Vips para falar sobre como a pressão exercida pelo programa de jovens pilotos da Red Bull, especialmente Helmut Marko, prejudica o desenvolvimento dos pilotos, que muitas vezes se perdem mesmo tendo grande potencial

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Ao longo da sua história, o programa de jovens pilotos da Red Bull revelou grandes talentos, como Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo e Max Verstappen, mas descartou outros tantos garotos com potencial para ir além no automobilismo. O caso mais emblemático é o de António Félix da Costa, hoje na Fórmula E com a DS Techeetah, mas recentemente nomes como Dan Ticktum e Pato O’Ward foram dispensados. 
 
No GP às 10 deste domingo (3), Felipe Noronha usa como exemplo as declarações do estoniano Jüri Vips nesta semana para ressaltar o quanto a fortíssima pressão por resultados imediatos exercida por Helmut Marko beira o inexplicável e amedronta os pilotos, sendo que muitos deles não conseguem extrair o máximo do seu potencial justamente pelo terror psicológico do programa liderado pelo austríaco.

Aproveite e siga o canal do GRANDE PRÊMIO no DailyMotion.


 
Paddockast #59
DUPLA IMPLACÁVEL: Daniel Serra e Ricardo Maurício


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.