F1

GP às 10: Red Bull erra ao promover Gasly cedo demais e corre risco de criar 'novo Kvyat'

No GP às 10 desta manhã de terça-feira, Fernando Silva lembra que Pierre Gasly tem um bom currículo na base e estreou bem pela Toro Rosso na F1, mas entende que foi promovido para a Red Bull cedo demais e que isso pode queimá-lo, a ponto de fazê-lo correr o risco de virar um 'novo Daniil Kvyat'

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Pierre Gasly ainda não mostrou a que veio desde quando subiu para a Red Bull. É a opinião de Fernando Silva, agora em novo dia e novo horário no GP às 10 a partir desta manhã de terça-feira (2). Na visão do jornalista, o jovem francês, de currículo cheio de títulos nas categorias de base, foi promovido cedo demais para a equipe tetracampeã do mundo e não teve tempo de amadurecer, e o reflexo disso são os resultados abaixo do esperado neste início de campeonato.

Silva acredita que Gasly corre o risco de virar o 'novo Daniil Kvyat' e voltar à Toro Rosso caso suas performances não melhores, e aposta que, neste caso, o improvável poderia acontecer: o retorno do 'Torpedo' para a Red Bull, de onde foi rebaixado ainda no início de 2016.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.