F1
04/06/2018 22:00

GP às 10: Red Bull mostra ser único caminho possível na atualidade para Ricciardo ser campeão na F1

Grande estrela do último GP de Mônaco, Daniel Ricciardo ainda tem seu futuro indefinido na F1. Com a perspectiva da Mercedes em promover em algum momento Esteban Ocon e o modus operandi da Ferrari de trabalhar para levar Sebastian Vettel ao título, o australiano tem na Red Bull sua única alternativa nos próximos anos para alcançar a meta de ser campeão do mundo, opina Fernando Silva no GP às 10 desta noite de segunda-feira
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Daniel Ricciardo comemora vitória no GP de Mônaco de 2018 (Foto: Red Bull Content Pool)

O GP do Canadá, sétima etapa da temporada 2018 do Mundial de F1, acontece neste fim de semana, 15 dias depois de um GP de Mônaco coroado de glórias para Daniel Ricciardo. O australiano foi o grande nome da corrida no Principado, com liderança de todos os treinos, dos três segmentos da classificação, pole-position e vitória de ponta a ponta. O triunfo contundente levantou novamente o debate sobre seu futuro, considerando que seu atual contrato com a Red Bull vai até o fim de 2018.
 
No GP às 10 desta noite de segunda-feira (4), Fernando Silva fala sobre Daniel Ricciardo e analisa o quadro atual tanto da Red Bull como das outras duas grandes equipes do grid na atualidade, Mercedes e Ferrari. E levando em conta a perspectiva da Mercedes em promover Esteban Ocon caso Valtteri Bottas deixe o time, bem como o modus operandi da Ferrari de trabalhar para levar Sebastian Vettel ao título da F1, a Red Bull mostra ser o único destino possível para o piloto mais carismático do grid alcançar seu objetivo de ser campeão mundial.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO e convidados especiais, sempre às 10h, do dia e da noite.

Veja aqui todas as edições do 'GP às 10'.