F1

GP às 10: Verstappen na Mercedes em 2020? A possibilidade, os prós e os contras

Victor Martins analisa a informação da revista alemã 'Auto Motor und Sport' de que há uma cláusula de desempenho no contrato de Max Verstappen — que o libera para negociar com outras equipes se a Red Bull não lhe der um carro vencedor

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
No GP às 10 da noite desta sexta-feira (28), Victor Martins analisa a informação da revista alemã 'Auto Motor und Sport' de que há uma cláusula de desempenho no contrato de Max Verstappen — que o libera para negociar com outras equipes se a Red Bull não lhe der um carro vencedor. E isso só leva a entender que o holandês estaria livre para conversar com a Mercedes.
 
E neste caso, a Mercedes viveria um dilema: garante a paz que precisa para se manter no topo ou pensa no futuro de quem já se mostrou pronto para ser campeão?
 
Ainda, se Verstappen deixar a Red Bull, como fica a equipe que não aguenta mais Pierre Gasly?
 
O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.



Paddockast #23
Lágimas em Le Mans




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.