carregando
F1

GP do Azerbaijão busca data até meio de outubro para evitar cancelamento

Baku teve sua prova, que seria em junho, adiada pela F1. Mas ainda busca espaço no possível novo calendário que a categoria organiza. A cidade azeri, porém, estipula um limite: outubro

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Há mais de um mês adiado em razão da pandemia do novo coronavírus em todo o mundo, o GP do Azerbaijão espera constar no novo calendário da Fórmula 1 para a temporada 2020, caso ela de fato aconteça.

Anteriormente marcada para o dia 7 de junho, a prova no circuito de rua de Baku só exige uma situação - além da segurança para sua realização - para que aconteça: uma data até o meio de outubro.

"Estamos em constante contato com o Governo do Azerbaijão, com a F1 e com outros acionistas. Neste momento, enquanto desejamos sediar uma etapa em 2020, obviamente não podemos nos comprometer em realizar a corrida mais tarde, neste ano, até que a situação do Covid-19 esteja ais clara e que o mundo retorne a algo próximo do normal de antes da pandemia", disse Arif Rahimov, diretor-executivo do crcuito de Baku, ao site 'Motorsport Week'.

"Entramos em acordo com a F1 de que a corrida não será adiada para após do meio de outubro. Nos importamos com nossos fãs e com o valor da experiência, então queremos que eles aprovietem um tempo bom em Baku durante o final de semana de corrida", completou o dirigente.

Neste período, entre setembro, a data desejada por Baku, e outubro, o hemisfério norte estará no outono. Ou seja, o objeivo é fugir do frio do inverno local.

"Seria positivo que ocorresse neste período, porque a maior parte das construções estariam feitas para o verão. Correr nas ruas da cidade aumentam as dificuldades. Então o ideal seria realizar a corrida antes da reabertura das escolas, programada para o dia 15 de setembro."
F1 em Baku em 2019 (Foto: Williams)
Paddockast #59
DUPLA IMPLACÁVEL: Daniel Serra e Ricardo Maurício


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Uma situação foi descartada por Baku: a realização de mais de uma corrida em seu circuito, como a F1 planeja para outros palcos, como Silverstone.

"Não acredito que seria possível aqui. Envolveria muita incoveniência a nossos moradores, já que o circuito está bem no centro da cidade", finalizou Rahimov. 

Enquanto isso, a F1 planeja seu retorno na Áustria, em 5 de julho. Nao há confirmação oficial, porém. 
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.