Grosjean vê 2019 como “copia e cola” de 2018 após toque com Stroll e segundo abandono seguido

Romain Grosjean começou 2018 em baixa, com um primeiro semestre digno de esquecimento. 2019 não começa muito melhor: ao se envolver em toque com Lance Stroll na largada do GP do Bahrein, o francês sofreu danos que levaram ao abandono


Romain Grosjean ainda não viu a bandeira quadriculada na temporada 2019 da Fórmula 1. O piloto francês, que havia abandonado na Austrália por problema em um pit-stop da Haas, repetiu a dose neste domingo (31) no Bahrein ao se envolver em incidente com Lance Stroll e danificar o assoalho do carro #8. No fim das contas, a impressão para Romain é de que o ano é uma cópia do inferno astral vivido no primeiro semestre de 2018.
 
“Está sendo um copia e cola do ano passado até aqui”, disse Grosjean. “Mesmo assim, estamos fortes e sempre nos recuperamos, então a próxima corrida vai ser melhor”, comentou.
 
O incidente com Stroll aconteceu ainda na largada. O piloto canadense tocou a traseira de Grosjean, causando um pneu furado e danificando o lado esquerdo do assoalho. Romain ainda seguiu na prova por mais algumas voltas, abandonando em definitivo na volta 17 de 57.
Romain Grosjean teve um dia difícil no Bahrein (Foto: Haas)

“Acho que alguém veio e me acertou por trás, e isso foi tudo”, reclamou. “O carro estava muito danificado porque foi um furo no pneu traseiro. Você perde muito tempo até voltar aos boxes, e ainda por cima o carro estava danificado. Isso foi tudo”, encerrou.

 
O outro carro da Haas não teve destino muito melhor. Kevin Magnussen não repetiu o desempenho do treino classificatório e cruzou a linha de chegada em 13º. Dessa forma, a Haas estaciona nos 8 pontos e cai para sexto no Mundial de Construtores. Grosjean, sem terminar corridas, é o lanterninha no Mundial de Pilotos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube