Grosjean volta à Haas e se torna gerente de eSports: “Continuação do que construímos”

Acredite: Romain Grosjean segue com a Haas. Mas, desta vez, de maneira diferente: apenas nas pistas virtuais, juntando sua R8G Esports ao time de corridas virtuais da equipe americana

Romain Grosjean deixou a Haas e a Fórmula 1 ao final de 2020, mas apenas no mundo real: no virtual, ele e a equipe americana anunciaram nesta quarta-feira (24) que estarão juntos novamente, mas agora nos eSports.

A relação volta a existir por meio da R8G Esports, time criado pelo piloto para disputa de provas virtuais. A marca se junta à Haas e Grosjean será o responsável por gerenciar a parte de eSports dos americanos, disputando provas em plataformas como iRacing, rFactor2, RaceRoom, Assetto Corsa e Gran Turismo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

ROMAIN GROSJEAN
Romain Grosjean disputou 98 GPs pela Haas na F1 (Foto: Haas F1 Team)

A equipe também garante participação na temporada 2021 da F1 eSports Pro Series – a Haas, inclusive, esteve entre os dois últimos na tabela de classificação nos dois últimos campeonatos. A R8G é formada por 17 gamers profissionais, além de outros cinco na categoria júnior. Em 2020, conseguiu 45 vitórias e 103 pódios em diversas competições virtuais.

“Me envolvi com os eSports há um ano e acredito que nosso time está indo muito bem. Para mim, ajudar a Haas neste campo, e correr junto, é uma grande história. É uma continuação do que construímos juntos. Então, estou ansioso pela primeira corrida e para descobrir o que podemos criar juntos”, comentou o francês.

Grosjean deixou a Haas e aposta no mundo dos eSports, mas segue nas pistas reais: em 2021, participa de todas as etapas em circuitos mistos e de rua da Indy, ficando fora somente das corridas em ovais, com o carro #51 da Dale Coyne.

GUIA F1 2021
Red Bull aposta em forasteiro Pérez e ameaça Mercedes com briga real na F1
Haas desiste de ‘sonho americano’ e aposta em novatos com foco em 2022
+ Perdidamente apaixonado pela F1, Alonso volta sabendo qual seu lugar no mundo
+ Russell quer Mercedes, mas antes tem de carregar Williams em reconstrução
+ Leclerc tem missão de liderar renovada Ferrari e manter Sainz sob controle

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube