GUIA 2022: Alpine e Aston Martin investem alto por escalada improvável no pelotão

Alpine e Aston Martin planejam brigar no topo da categoria nos próximos anos e, para isso, precisam dar um passo adiante. Enquanto isso, a AlphaTauri busca consolidação após melhor resultado da história em 2021

A briga no meio do grid da Fórmula 1 deve entreter mais uma vez os fãs. A Aston Martin e a Alpine continuam tentando escalar o pelotão e se aproximar de McLaren e Ferrari, enquanto a AlphaTauri espera manter o bom desempenho do ano passado e continuar brigando por pontos constantemente, ainda que com investimento menor que as rivais.

Quem precisa melhorar mais em relação a 2021 é a Aston Martin. Em seu primeiro ano na categoria com o novo nome, a ex-Racing Point chegou com grandes expectativas, mas os resultados foram longe do esperado. O carro pessimamente mal-nascido gerou um sétimo lugar, com apenas 77 pontos conquistados, que definitivamente não agradou a Lawrence Stroll, dono do time, e a seu filho e piloto Lance.

Quem também não ficou satisfeito foi o tetracampeão Sebastian Vettel, que deixou a Ferrari para se juntar à equipe britânica e, apesar de ter conquistado um pódio em Baku, esperava mais. O alemão se reencontra com Mike Krack, com quem trabalhou no início da carreira na BMW e que agora será o novo chefe da Aston Martin.

Sebastian Vettel quer melhores resultados em 2022 (Foto: Aston Martin)

Krack já esclareceu que quer dar um carro competitivo para Vettel. Mas o trabalho da equipe é de longo prazo, e o objetivo para 2022 é escalar de volta o pelotão. A Aston Martin visa brigar por vitórias e, quem sabe, títulos dentro de cinco anos. Um planejamento que é bem semelhante ao de seus rivais franceses.

A Alpine estabeleceu uma meta de brigar na frente quando chegar a 100 corridas na Fórmula 1 com a nova marca, ou seja, também em torno de cinco anos. A equipe conta com o reforço de Otmar Szafnauer, ex-chefe da Aston Martin, e que agora vai liderar o time francês na nova era da categoria.

Em 2021, a Alpine teve um sistema de três chefes após a saída de Cyril Abiteboul. Com Szafnauer, a expectativa é de uma liderança com maior capacidade de gerenciamento de grupo, que crie um bom relacionamento dentro da equipe. O dirigente afirmou que sua saída da Aston Martin se deu por conta de desentendimentos com Lawrence Stroll, e espera ter mais liberdade para tomar decisões.

 ▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Fernando Alonso dirige carro da Alpine no Bahrein (AFP)

O quinto lugar na última temporada veio muito por conta de bons resultados na Hungria e no Catar. Com Fernando Alonso e Esteban Ocon, a Alpine tem uma boa dupla de pilotos, mas precisa entregar um carro à altura. Os testes de pré-temporada em Barcelona e no Bahrein não foram muito animadores, mas a equipe francesa mantém o objetivo de progredir em 2022.

Quem deve atrapalhar a vida das duas mais uma vez é a AlphaTauri. A equipe italiana vem de uma de suas melhores temporadas em 2021, ainda que o sexto lugar no Mundial de Construtores talvez não tenha representado de fato a qualidade do carro. 

Dos 142 pontos conquistados, 110 vieram com o francês Pierre Gasly, e todo mundo espera mais uma grande temporada do piloto de 26 anos. Ao mesmo tempo, o japonês Yuki Tsunoda precisa render mais em seu segundo ano na Fórmula 1, mas agora já tem mais experiência em relação aos desafios físicos da categoria.

Pierre Gasly liderou o dia 1 de testes no Bahrein (Foto: AFP)

O desempenho no ano passado foi o melhor da história da equipe, contando com os tempos de Toro Rosso. Depois de uma pré-temporada sólida no Bahrein, terminando com o segundo maior número de voltas (370), a AlphaTauri sabe que as novas regras, incluindo o teto de gastos, abrem uma grande oportunidade para resultados surpreendentes, algo que tem se tornado uma especialidade da casa: fazer muito com menos que rivais diretas.

A briga no meio do pelotão é só mais uma das atrações da Fórmula 1 em 2022. Os novos carros prometem disputas mais acirradas na pista, então a expectativa é grande para ver quem sairá na frente na batalha entre Alpine, AlphaTauri e Aston Martin. A temporada se inicia no próximo domingo (20), com o GP do Bahrein.

GUIA FÓRMULA 1 2022
Fórmula 1 vive temporada de revolução e torce por reedição de batalha épica
Caçador experiente, campeão Verstappen passa a ser maior das caças da F1
Desafiante e mordido, Hamilton vai atrás de melhor versão em revanche na F1
Novo regulamento vira prato cheio para chance de ouro de veteranos do grid da F1

# Fórmula 1 volta ao passado para acertar futuro e equilibrar forças do grid
# Ferrari atropela McLaren e entra na temporada com top-3 como meta mínima
# Alpine e Aston Martin investem alto por escalada improvável no pelotão
# De Sainz a Norris: a turma de jovens que pode fazer estrago na F1

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar