Gutiérrez afirma que precisa crescer nas classificações para conquistar resultados melhores na F1

Ainda correndo em busca do primeiro ponto na carreira no Mundial de F1, o brasileiro Esteban Gutiérrez está contente com seu ritmo nas corridas, mas visa melhorar performance nas tomadas de tempos

O novato Esteban Gutiérrez segue tentando terminar uma corrida dentro da zona de pontuação pela primeira vez na carreira. O mexicano não fez grandes apresentações em nenhuma de suas primeiras sete provas com a Sauber, embora esteja contente com o ritmo de corrida que conseguiu imprimir, falou que não vai conseguir resultados melhores enquanto não melhorar a performance nos treinos classificatórios.

11º colocado no GP da Espanha, Gutiérrez ainda não largou à frente da sétima fila: a melhor posição de largada foi o 14º lugar no GP da Malásia. Ele é um dos sete pilotos que continuam zerados em 2013, junto das duplas da Williams, da Marussia e da Caterham.

Melhor resultado de Gutiérrez em classificações foi na Malásia (Foto: Getty Images)

“O que posso dizer é que preciso melhorar nas classificações. Conseguir uma volta perfeita: isso é algo em que ainda preciso trabalhar”, afirmou o piloto em entrevista ao site oficial da F1.

“Na corrida, não está ruim. A velocidade está bem boa, para falar a verdade. Quando falei do equilíbrio antes, conseguir o equilíbrio correto entre a classificação e a corrida está no topo da minha agenda”, disse Gutiérrez.

Ele tem consciência de que são os melhores resultados que vão fazer ele avançar na carreira e chegar ao próximo nível. “Se você sabe que seu carro é capaz de terminar em décimo, 11º ou 15º, ser capaz de conquistar esse resultado – ou até melhor, levando vantagem em cima dos erros dos outros – é o que são as conquistas reais e é importante para subir para estágios mais altos”, completou o piloto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube