Gutiérrez reconhece que precisa melhorar ritmo em classificação para ter melhores resultados na F1

O mexicano afirmou que está trabalhando duro para conseguir igualar o desempenho de Nico Hülkenberg durante a tomada de tempo. Ele afirmou que a maior dificuldade até agora é confiança para fazer uma volta perfeita

As imagens da quinta-feira no F1 em Monte Carlo 
Acompanhe a cobertura do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Ainda se adaptando à F1, Esteban Gutiérrez já percebeu que o treino classificatório está sendo um dos maiores problemas até agora. Mesmo tendo feito a melhor corrida desde que estreou na categoria, há duas semanas, na Espanha, o mexicano não foi páreo para o desempenho de Nico Hülkenberg na classificação. Por causa disso, o novato reconheceu que precisa trabalhar mais para conseguir evoluir durante a definição do grid de largada.

“No treino classificatório, é questão de acharmos um pouco mais entre cada volta, e é nisso que preciso trabalhar”, disse o piloto à revista inglesa ‘Autosport’. “Não houve uma diferença muito grande para Nico no treino classificatório na Espanha, apenas a última volta foi mais de 0s2”, declarou.

Esteban Gutiérrez reconheceu que precisa se aproximar de Hülkenberg (Foto: Getty Images)

Embora ainda esteja atrás do companheiro, Gutiérrez afirmou que só depende dele próprio conseguir um bom resultado nos treinos. “É um desafio fazer uma volta perfeita. É uma questão de confiança e algo que precisa vir de mim. Vou trabalhar nisso nas próximas corridas para diminuir a diferença”, acrescentou.

Após os problemas nas primeiras corridas, o piloto conseguiu um bom resultado nos treinos livres em Mônaco ao terminar próximo de Hülkenberg na tabela de tempos. Após o treino, o mexicano reconheceu que precisa manter o foco para saber o que fazer.

“A coisa mais importante é manter o mesmo ritmo e a mesma mentalidade. A maior pressão vem de mim mesmo, e a primeira pessoa que quer um bom resultado sou eu. Se eu cometo um erro, sei o que eu fiz e se eu fizer as coisas corretas sei como tudo foi feito. É questão de encontrar o equilíbrio certo e, quando encontrarmos, como aconteceu em Barcelona, tentar continuar nesta direção”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube