Haas admite surpresa com adaptação de “impressionante” Hülkenberg: “Muito bem”

A experiência de Nico Hülkenberg surpreendeu Guenther Steiner, chefe de equipe da Haas, que elogiou o piloto e a forma como o alemão se integrou à equipe

Nico Hülkenberg voltou ao grid da Fórmula 1 pela Haas em 2023 e impressionou a equipe com a rápida readaptação e experiência, superando as preocupações iniciais sobre seu retorno após três anos como piloto reserva e apenas aparições esporádicas substituindo titulares. Guenther Steiner, chefe da equipe americana, acreditava que o piloto precisaria de muito tempo para voltar a ter um bom ritmo, mas suas preocupações foram rapidamente desfeitas.

O alemão foi contratado para substituir Mick Schumacher, que sofreu diversos acidentes que resultaram em altos custos para a equipe. Apesar do jovem piloto ter bons momentos e marcar alguns pontos em sua segunda temporada, também ficou marcado pelas batidas.

Relacionadas


“Fiquei bastante impressionado. O contratamos por uma razão, sabemos que ele pode pilotar um carro de corrida. A dúvida era: depois de três anos sem ser piloto em tempo integral, quanto tempo ele levaria para se atualizar?”, explicou Steiner.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando a
qui!

Guenther Steiner avaliou positivamente a temporada de Hülkenberg até aqui (Foto: Haas F1 Team)

“Não demorou nada, ele estava focado desde o primeiro dia, o que é muito impressionante. Nico também tenta sempre ajudar a equipe e isso é o que queríamos com a experiência dele”, completou.

Entre 2020 e 2022, Hülkenberg foi frequentemente chamado para atuar como substituto de emergência na Racing Point e na Aston Martin, entrando no carro às pressas em três ocasiões distintas devido a diagnósticos de Covid-19 de seus pilotos.

“Ele esteve seis ou sete vezes no Q3 nas [primeiras] 11 provas e isso não é nada mal. E tem 9 pontos, então também mostra que nas corridas está indo muito bem. O problema não é o piloto, é o carro que não é bom o suficiente, precisamos trabalhar nisso. Estamos muito felizes com Nico [Hülkenberg]”. elogiou.

O dirigente acrescentou que Hülkenberg foi capaz de usar sua vasta experiência para lidar com os momentos mais difíceis, reconhecendo que ajudar a Haas não seria um projeto de curto prazo.

“Primeiro de tudo, me surpreendeu a rapidez com que ele se adaptou, como se integrou à equipe. Foi incrível como ele entendeu imediatamente as pessoas. Mas novamente, estamos falando de experiência e Nico está no grid há muito tempo. Também é incrível a forma como ele lida com as corridas, abordando tudo da maneira certa e dosando seu esforço, sem exageros”, afirmou Steiner.

Fórmula 1 está de férias e retorna no próximo final de semana, de 25 a 27 de agosto, em Zandvoort, na Holanda. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da temporada 2023.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.