Haas cobra evolução de Schumacher nas ultrapassagens: “É algo novo para ele”

Gunther Steiner, chefe da Haas, afirmou que Mick Schumacher ainda precisa se acostumar com nova realidade da equipe no meio do grid, e elogiou o "professor" Kevin Magnussen

‘BOMBA VERSTAPPEN’ VAI FICAR DESARMADA COM MAIS VITÓRIAS COMO ÍMOLA NA FÓRMULA 1 2022?

A Haas deu um grande salto de desempenho em 2022, e já mostrou que tem um carro capaz de brigar por pontos na maioria das corridas na Fórmula 1. Contudo, depois de quatro etapas, só o dinamarquês Kevin Magnussen conseguiu pontuar, enquanto o alemão Mick Schumacher segue zerado.

Gunther Steiner, chefe da equipe americana, revelou que o jovem alemão tem tido dificuldades com a nova realidade da equipe no meio do pelotão. Em 2021, a Haas andou sozinha no final do grid, e Mick não teve a oportunidade de praticar ultrapassagens, algo que precisa melhorar.

“Ele tem que aprender a pilotar na frente. É mais apertado no meio do grid. Eu disse a ele que quanto mais alto você sobe, mais rarefeito fica o ar. É algo novo para ele usar o carro para uma manobra de ultrapassagem. Na temporada passada, sempre estávamos atrás e ele raramente conseguia fazer isso. Ele quer melhorar e é por isso que investe tanto tempo”, disse Steiner ao jornal alemão Die Welt.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Mick Schumacher está trabalhando para melhorar nas ultrapassagens (Foto: Haas F1 Team)

LEIA MAIS: Vettel vê Fórmula 1 dependente do DRS e sugere teste: “Queria ver sem”

No último GP em Ímola, Schumacher rodou ao tentar ultrapassar Fernando Alonso na primeira volta, e acabou prejudicando a própria corrida e a do espanhol, que mais tarde abandonou por conta dos danos na lateral causados pelo toque. A expectativa da Haas é que o veterano Magnussen consiga direcionar o alemão no caminho certo e ensine os truques das ultrapassagens.

“O Mick está em uma boa posição por ter alguém como o Kevin, que é muito justo e lhe dá todas as informações. Você pode aprender muito sozinho, mas se você tiver um professor, é muito mais rápido”, afirmou Gunther.

A Fórmula 1 volta neste final de semana, para o primeiro GP de Miami, entre os dias 6 e 8 de maio. A corrida, no domingo, está marcada para às 16h30 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as ações no inédito circuito americano de rua AO VIVO e em TEMPO REAL.

HAMILTON ESTÁ APENAS MAL OU FALTA DE SORTE TAMBÉM TOMOU CONTA NA FÓRMULA 1 2022?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar