Haas defende espetáculo pré-GP em Miami, mas “foco deve estar no esporte”

Guenther Steiner, chefe da Haas, se posicionou a favor dos espetáculos que acontecem no fim de semana de corridas nos Estados Unidos, mas reforçou que o produto principal da F1 deve sempre ser a corrida

O GP de Miami de Fórmula 1 foi marcado por diversos eventos extra-pista, com a presença de inúmeras celebridades pelo paddock, e uma apresentação dos pilotos digna do “Show de Calouros”, do SBT, orquestrada pelo rapper LL Cool J. Guenther Steiner, chefe da Haas, defendeu as exibições, tão criticadas por parte dos times, mas acredita que o foco principal da categoria deve ser sempre no esporte.

Esses shows à parte são muito comuns em eventos esportivos nos Estados Unidos, mas dividiu a opinião dos pilotos e dos fãs que acompanham a Fórmula 1. Para o dirigente da Haas, no entanto, esse entretenimento é importante e deve estar presente em outras etapas ao longo do ano. No entanto, não deve roubar o protagonismo das corridas.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“As pessoas querem entretenimento constante, não apenas ficar sentado esperando três horas até a próxima vez que os carros saírem. Eles querem algo para fazer, algo para consumir. As outras coisas que estão acontecendo, você tem shows, áreas de entretenimento. Se você tem filhos, quer entretê-los, não sentado em uma arquibancada ou em uma colina”, seguiu. “Tente dizer a uma criança de 12 anos que agora temos que esperar duas horas até que os carros voltem. Isso é bem difícil”, avaliou Steiner.

Embora concorde com os eventos fora da pista, Guenther reitera que a organização não pode ‘perder a mão’ nos espetáculos e tornar a corrida algo secundário.

“Acho o que eles fizeram muito certo, o esporte ainda é o centro de tudo. É a corrida de F1 e você tem dois shows de alto nível na sexta à noite e no sábado à noite. Não é como se houvesse o show e também no domingo a corrida. É o contrário. E eu acho que eles se saem muito bem. Em Miami eles fizeram isso”, reconheceu o chefe da Haas.

“Eles [público] não querem apenas ver uma corrida de carros. E acho que a F1 fez um trabalho muito bom nos últimos cinco anos para trazer isso ao consumidor, que eles gostam de vir aqui porque há mais do que carros na pista, mas o ponto central ainda é a corrida”, finalizou.

O GP da Emília-Romanha, que estava previsto para acontecer neste domingo (21), foi cancelado em decorrência das fortes chuvas que atingem a região norte da Itália. Por isso, a Fórmula 1 retoma as atividades no próximo domingo (28), com o GP de Mônaco.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.