Hamilton admite dificuldades da Mercedes em Singapura, mas diz: “Não vamos mexer mais no carro de 2017”

Por mais que saiba que a Mercedes deixou muito a desejar em Singapura, Lewis Hamilton deixou claro que o foco do time já está no carro de 2018 e que o bólido atual vai seguir com os mesmos problemas até o fim da temporada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Lewis Hamilton é líder absoluto da temporada e grande favorito ao título da F1 em 2017, mas sabe bem que a Mercedes tem lá suas limitações no carro. Para o britânico, a equipe já identificou bem seus problemas e, para isso, o GP de Singapura foi bem útil, apesar da vitória ter mascarado um pouco da dificuldade do time na pista de rua asiática. Para Lewis, a Mercedes já pode pensar em corrigir os erros, mas focando no carro de 2018.
 
Lewis tratou o final de semana em Singapura como emblemático para a identificação dos problemas no carro, mas ponderou que o resultado foi espetacular, vencendo e ainda com o principal rival Sebastian Vettel batendo na largada.
 
"Acho que esse final de semana realmente mostrou o que nosso carro tem de fraquezas e o que tem de qualidades. Em pista seca, a nossa performance era muito ruim. E, bom, chegar no nosso pior ou segundo pior circuito e vencer é um resultado excelente", disse.
Lewis Hamilton sabe que a Mercedes vai trabalhar já no carro de 2018 (Foto: Mercedes)
Segundo Hamilton, a Mercedes já sabe o que tem de fazer, mas pensando no carro de 2018. O inglês ainda ponderou que a equipe precisa tomar cuidado para não prejudicar as partes positivas do bólido atual.
 
"Precisamos seguir trabalhando muito para tirar tudo do carro. E sabemos onde temos potencial para evoluir, as áreas em que temos de trabalhar. Só que não é nesse carro que vamos mudar algo, mas provavelmente no próximo. A questão é tomar cuidado para não piorar algumas coisas que são excelentes do nosso carro atual", seguiu.
 
Hamilton, que lidera o campeonato com 28 pontos de frente para Vettel, ainda fez um balanço das etapas que estão por vir, apostando na força da Mercedes especialmente em Austin.
 
'SOLDADINHO' DA PENSKE?

CASTRONEVES TEM FALTA DE TÍTULO COMO MANCHA NA CARREIRA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube