Hamilton classifica escolha de asa traseira como “desastre”, mas vê 7º posto como “dano limitado”

Lewis Hamilton vai largar na sétima colocação no GP da Bélgica de F1. Britânico responsabilizou posição no grid por escolha errada de asa, mas afirmou que lugar no top-10 é um dano limitado

► As imagens deste sábado da F1 na Bélgica

Lewis Hamilton anotou 1min48s394 na sua melhor volta no treino classificatório para o GP da Bélgica de F1 ,realizado neste sábado (1). O tempo, 0s821 mais lento que a pole de Jenson Button, o colocava na oitava posição, mas uma punição em Mark Webber passou o piloto da McLaren para o sétimo posto.

O campeão de 2008 não ficou nada satisfeito com sua posição de partida e responsabilizou a escolha errada da asa traseira pelo ritmo ruim. Ao contrário de Button, Hamilton optou por utilizar um modelo antigo da asa do MP4-27 e não conseguiu ser tão rápido quanto o companheiro.
 

Hamilton culpou escolha errada da asa por posição de largada (Foto: McLaren)

 A análise completa da temporada 2012 da F1 e a previsão de Flavio Gomes para o restante do Mundial na REVISTA WARM UP. Clique aqui

“Foi um desastre para mim, mas nós ainda estamos no top-10, então é um dano limitado. Foi por causa da asa traseira”, justificou. “Disseram-me que a diferença entre as asas não era muito grande, então, definitivamente, é uma surpresa”, afirmou.

“Disseram-me que na classificação a minha asa seria mais rápida, mas, por alguma razão, não era”, continuou. “Teria sido ótimo lutar por uma dobradinha, mas com a asa que tenho, isso não ia acontecer. Os carros mais rápidos estarão na corrida amanhã.”

Mesmo insatisfeito com seu desempenho, o britânico ponderou que a asa nova funcionou bem com Button e disse torcer pelo companheiro de time. “A asa do Jenson está funcionando perfeitamente para ele”, avaliou. “É ótimo para ele e espero que ele consiga o máximo de pontos amanhã”, comentou.

Por fim, Hamilton frisou que ele não cometeu erros em sua volta, mas que não era tão veloz. “Não aconteceu nada na minha volta, tirei absolutamente tudo do carro em todas as voltas que dei”, assegurou. “O acerto pode não ser perfeito, mas não posso compensar o tempo que perco nas retas”, concluiu.

► Quer concorrer a 2 prêmios da Mercedes? Participe já da promoção

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube