Hamilton diz entender melhor feito de Schumacher na F1: “Só vão ver o bom carro”

Lewis Hamilton igualou o sétimo título mundial de Michael Schumacher no último GP da Turquia. E depois da conquista, o piloto da Mercedes aproveitou para engrandecer e valorizar os feitos do alemão durante a passagem pela Fórmula 1

No último fim de semana, Lewis Hamilton conquistou o sétimo título mundial de Fórmula 1 e igualou a marca de Michael Schumacher como maior vencedor da categoria. Dessas conquistas, seis foram pela equipe Mercedes, mostrando a força da parceria.

Desde que chegou à Mercedes, em 2013, Hamilton só não foi campeão no primeiro ano e depois em 2016, quando acabou superado pelo companheiro Nico Rosberg. Agora, o britânico mostra que entendeu seu papel na equipe e o quanto Schumacher também desempenhou esse papel na Ferrari.

“Em termos de desenvolvimento do carro, é algo que eu penso que — e estou me aproximando de onde Michael [Schumacher] estava — nunca entendi completamente. É difícil para alguém começar na Fórmula 1, para um jovem piloto. É complicado ter o entendimento completo do que fez o Michael, do que estou fazendo com esse time”, disse o piloto da Mercedes ao site Autosport.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Hamilton deixa o carro após o título conquistado na Turquia (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Eles [os jovens pilotos] só vão ver o bom carro, que o Michael tinha um grande carro, mas agora entendo o que Schumacher fez com a equipe. Tenho certeza que é próximo ao que faço. Você tem esse poderoso grupo de inteligentes e apaixonadas pessoas e, claro, a chefia, que é o leme principal. Em termos de desenvolvimento, de como o carro pode ir além com as características do piloto, esse é meu trabalho e estou orgulhoso, mas infelizmente as pessoas não enxergam isso”, acrescentou.

Apesar de levar mais um título e outras vitórias para o currículo, já superando os números de Schumacher, Hamilton acredita que há espaço para melhoras no futuro. Com 35 anos, o piloto ainda não definiu o andamento da carreira e discute renovação contratual com a Mercedes.

“Para um atleta no topo do seu esporte, você pode dizer que difícil melhorar o nível. A coisa mais fácil é escorregar, mas eu não sou novo nisso aqui. Eu sei o que preciso para conseguir colocar minha cabeça no lugar certo e também na parte física”, declarou.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube