Hamilton é punido por toque em Albon. Sainz vai ao pódio pela 1ª vez

Lewis Hamilton foi considerado culpado pelo toque com Alexander Albon na penúltima volta do GP do Brasil. O britânico, dessa forma, perde o terceiro lugar – que agora cabe a Carlos Sainz Jr., pela primeira vez no pódio da F1

Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada em terceiro neste domingo (17) em Interlagos, mas este acabou não sendo o resultado final. O britânico foi considerado culpado pelo toque nas voltas finais com Alexander Albon, que rodou e caiu para o fim do pelotão. Dessa forma, os comissários aplicaram punição de 5s, o que significa uma queda para a sétima posição.
 
O grande beneficiado é Carlos Sainz Jr. O espanhol, assim, sobe de quarto para terceiro e consegue o primeiro pódio na Fórmula 1, coroando uma temporada das mais positivas ao lado da McLaren. A parte chata, entretanto, é que Carlos não pôde participar da cerimônia.
Carlos Sainz Jr. conseguiu o primeiro pódio na F1 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Hamilton, por sua vez, fica fora do top-3 apenas pela quarta vez no ano. Para a Mercedes, que também perdeu Valtteri Bottas por um problema mecânico, é a terceira vez sem ao menos uma garrafa de champanhe para levar de presente para casa.

 
O incidente entre Albon e Hamilton aconteceu na volta 70 de 71. Albon estava em segundo e em vias de ir ao pódio pela primeira vez, mas precisando se defender. O britânico reagiu com uma tentativa de ultrapassagem ousada no Bico de Pato. O toque fez o tailandês rolar e terminar em 15º, penúltimo dentre os que viram a bandeira quadriculada.

O GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube