Hamilton elege Alonso como principal rival da temporada: “Ele é o cara que quero vencer”

Piloto inglês afirmou que superar Jenson Button, seu antigo companheiro de equipe, não é tão empolgante como tentar bater o piloto espanhol, seu primeiro parceiro na McLaren

Com um bom desempenho nos testes da pré-temporada e sendo muito elogiado, Lewis Hamilton está sendo apontado como um dos favoritos ao título em 2013. E em entrevista ao jornal britânico ‘Daily Mail’, Hamilton afirmou que não sente vontade em superar Jenson Button, seu antigo companheiro de equipe, mas admitiu que o sentimento é diferente quando fala de Fernando Alonso, da Ferrari, atual vice-campeão da F1.

“Isso [superar Button] não me empolga. A rivalidade com Fernando me empolga muito mais. Ele é o cara que quero vencer. Você também quer vencer Vettel, já que eles são os únicos com mais de um título aqui”, explicou o piloto inglês, companheiro de Nico Rosberg.

Lewis Hamilton afirmou que uma das metas do ano é tentar superar Alonso (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

“Mas Alonso é o piloto mais rápido. Ele também é um dos mais experientes. Qualquer um quer vencê-lo. Terminar à frente de Alonso, que usa uma Ferrari, é um desafio muito bom. E eu acho que a Ferrari vai ser rápida neste ano”, completou.

Hamilton e Alonso foram companheiros de equipe por um breve período na McLaren, mas desavenças entre os dois acabaram atrapalhando a equipe na disputa pelo título em 2007. Mesmo com uma boa vantagem, a dupla acabou vendo Kimi Räikkönen, então piloto da Ferrari, ficar com o título. O espanhol saiu do time inglês logo após o final do campeonato.

Feliz com o novo ambiente, o inglês voltou a elogiar a Mercedes e reiterou que tomou a decisão certa ao mudar de equipe “Estou 100% confiante e feliz com a decisão que tomei. Quanto mais tempo passo na fábrica, mais animado fico. É um belo lugar e estou feliz com o ambiente de lá”, contou.

“Não tenho nada de negativo a dizer sobre a McLaren. Tive a sorte de ter a chance de chegar à F1 com eles e fui competitivo. Sei que fui para uma equipe que não foi capaz de ser competitiva com o carro que tinha ano passado. Em algumas corridas, havia uma diferença de quase 2s entre Mercedes e McLaren, mas todos nós temos fome de mudar. E acho que a Mercedes vai impressionar neste ano”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube