F1
06/10/2018 01:00

Hamilton mantém domínio e lidera terceiro treino livre em Suzuka. Mais perto, Vettel é segundo

A chuva chegou a dar as caras neste começo de tarde de sábado no Japão. Com a pista seca, porém, Lewis Hamilton manteve a Mercedes na frente, embora com menor diferença para Sebastian Vettel, o segundo colocado
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
Lewis Hamilton segue dando as cartas neste fim de semana em Suzuka. No começo da tarde deste sábado (6), o tetracampeão do mundo foi o mais rápido do terceiro treino livre do GP do Japão ao marcar 1min29s599 como melhor tempo. A sessão, encerrada com bandeira vermelha por conta da forte batida de Nico Hülkenberg, teve a Ferrari mais perto desta vez. Sebastian Vettel finalizou em segundo lugar, apenas 0s116 atrás de Hamilton, diferente dos mais de 0s8 que separou o piloto da Ferrari do rival no segundo treino de sexta-feira.

Kimi Räikkönen ficou em terceiro lugar, seguido por Max Verstappen, da Red Bull, e Valtteri Bottas, da Mercedes. O treino foi marcado também por uma chuva fina na sua primeira metade, o que levou os pilotos a recolherem para os boxes. Contudo, ninguém precisou usar os pneus intermediários, por exemplo.

Daniel Ricciardo foi o sexto, seguido por Esteban Ocon e Sergio Pérez, a dupla da Force India, que se consolida como a quarta força do grid no fim de semana por enquanto. Carlos Sainz, com a outra Renault, foi o nono colocado, enquanto Kevin Magnussen fechou o top-10.

O treino classificatório do GP do Japão de F1 acontece logo mais, às 3h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO segue tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
Lewis Hamilton foi novamente o mais rápido no terceiro treino livre em Suzuka (Foto: Mercedes)
Saiba como foi o terceiro treino livre do GP do Japão


O último treino livre antes da definição do grid de largada em Suzuka começou com muito vento, como já era esperado, e também com gotas de chuva na pista. O asfalto ainda estava úmido em determinados pontos em razão da chuva que desabou nas primeiras horas da manhã, mas os pilotos foram à pista com pneus slicks.

O primeiro tempo do sábado foi registrado por Nico Hülkenberg, da Renault, o primeiro a sair dos boxes. Mas o alemão seguiu na ponta apenas por alguns segundos, já que a Ferrari assumiu a dianteira com Kimi Räikkönen, com 1min30s054, com Sebastian Vettel vindo logo atrás, com tempo 0s107 mais lento. Logo nos primeiros minutos, a maioria dos carros foi para a pista por conta da grande ameaça de chuva que rondava o circuito.

Valtteri Bottas conseguiu marcar o terceiro melhor tempo, seguido por Max Verstappen e Daniel Ricciardo. No momento em que a chuva começava a apertar, Lewis Hamilton abriu sua primeira volta rápida depois de ter sido atrapalhado por um carro da Williams na entrada da chicane Casio. Na segunda tentativa, o piloto vinha forte para superar com folga a marca de Kimi, mas perdeu o controle do carro e fritou o pneu dianteiro direito na chicane, provavelmente pela umidade da pista.
Traído pela chuva, Hamilton perdeu a chance de marcar o melhor tempo da manhã (Foto: Reprodução)
A chuva não chegou a ser forte, mas era fina e constante o bastante para fazer co mque os torcedores se protegessem nas arquibancadas e que os pilotos logo recolhessem para os boxes. Era praticamente o fim dos trabalhos com pneus para pista seca neste começo da tarde em Suzuka.

A alta temperatura ambiente, na casa dos 25ºC, era um fator para ajudar a secar de forma mais rápida a pista, já que a chuva diminuiu de forma considerável antes da primeira meia hora de sessão. O forte vento, de 26 km/h, e a alta umidade também poderiam ajudar. Era, ao menos, a expectativa das equipes para ter algum tempo de pista antes da definição do grid de largada logo mais.

Com 28 minutos para o fim do treino, a Mercedes mandou Bottas de volta à pista, que estava seca em alguns trechos e bem úmida em outros. O finlandês deixou os boxes com pneus supermacios, mas logo voltou para os boxes. Foi apenas um giro para avaliar as condições do asfalto, "praticamente seco", reportou o piloto. Hamilton voltou à pista em seguida para cumprir uma volta de instalação.
Sebastian Vettel deixou os boxes pouco depois da breve chuva em Suzuka (Foto: Ferrari)
Na sequência, vários pilotos se encorajaram a acelerar novamente em Suzuka. Havia apenas 22 minutos de sessão pela frente. Os carros de Mercedes e Ferrari estavam calçados com os pneus supermacios. Porém, nas primeiras voltas, não houve mudanças nas primeiras colocações.

Assim, Kimi continuva na liderança, seguido por Vettel, Bottas, Verstappen, Ricciardo e Charles Leclerc aparecendo na sexta posição. Hamilton, sem tempo competitivo, continuava em último. Räikkönen, aliás, escapava de traseira na curva Dunlop, mas conseguiu controlar bem o carro e evitou uma batida. Vettel também errou na saída da curva Degner e não conseguiu melhorar seu tempo. O alemão, aliás, disse que estava lutando muito com a traseira do carro.

Com 12 minutos para o fim do treino, Hamilton e Bottas abriram um breve stint de voltas rápidas no momento em que o céu fechado dava lugar ao sol em Suzuka. Vettel também abria volta rápida na sessão. O alemão, aliás, finalmente conseguiu bater o tempo de Räikkönen ao registrar 1min29s715. O treino esquentou mesmo no fim com a boa volta de Hamilton, que cravou 1min29s599 e reestabeleceu a verdade no Japão. Räikkönen continuava em terceiro, seguido por Bottas e Verstappen. 

Na reta final da sessão, a Red Bull calçou os pneus dos carros de Verstappen e Ricciardo com pneus supermacios, o que ajudou seus pilotos a subir na tabela. Max avançou para a quarta posição, enquanto Ricciardo vinha em sexto, tendo a Mercedes de Bottas entre a dupla taurina. Esteban Ocon, com a Force India, também melhorava e se tornava o melhor do resto para finalizar a sessão. Antes da bandeira quadriculada, Hülkenberg voltou a aparecer, mas de forma negativa, depois de ter batido forte sua Renault na barreira de pneus. Por sorte, o alemão nada sofreu. A bandeira vermelha serviu para encerrar de forma prematura o terceiro treino livre.

F1 2018, GP do Japão, Suzuka, treino livre 3: 

1 L HAMILTON Mercedes 1:29.599   13
2 S VETTEL Ferrari 1:29.715 +0.116 14
3 K RÄIKKÖNEN Ferrari 1:30.054 +0.455 13
4 M VERSTAPPEN Red Bull Tag Heuer 1:30.304 +0.705 13
5 V BOTTAS Mercedes 1:30.422 +0.823 13
6 D RICCIARDO Red Bull Tag Heuer 1:30.474 +0.875 10
7 E OCON Force India Mercedes 1:31.088 +1.489 12
8 S PÉREZ Force India Mercedes 1:31.483 +1.884 12
9 C SAINZ JR Renault 1:31.513 +1.914 14
10 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:31.521 +1.922 13
11 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:31.636 +2.037 14
12 C LECLERC Sauber Ferrari 1:31.760 +2.161 14
13 B HARTLEY Toro Rosso Honda 1:32.030 +2.431 13
14 L STROLL Williams Mercedes 1:32.201 +2.602 14
15 N HÜLKENBERG Renault 1:32.224 +2.625 12
16 M ERICSSON Sauber Ferrari 1:32.442 +2.843 10
17 F ALONSO McLaren Renault 1:32.608 +3.009 14
18 S SIROTKIN Williams Mercedes 1:32.631 +3.032 14
19 S VANDOORNE McLaren Renault 1:33.034 +3.435 13
20 P GASLY Toro Rosso Honda 1:33.105 +3.506 10
    Tempo 107% 1:35.871 +6.272  
           
REC L HAMILTON Mercedes 1:27.319 07/10/2017  
MV K RÄIKKÖNEN McLaren Mercedes 1:31.540 09/10/2005