F1
14/11/2015 13:59

Hamilton mantém supremacia da Mercedes e lidera terceiro treino do GP do Brasil na entristecida Interlagos

A Mercedes não deu chances para a concorrência e liderou o terceiro treino livre do GP do Brasil de F1, na entristecida Interlagos. Desta vez, coube a Lewis Hamilton garantir a melhor volta da sessão que antecedeu o treino classificatório em São Paulo
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 A Mercedes de Lewis Hamilton em detalhes (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

A Mercedes continua dando as cartas no fim de semana do GP do Brasil. Um fim de semana definitivamente muito mais triste depois dos atentados terroristas ocorridos na noite da última sexta-feira em Paris, e a tristeza ao redor do mundo também se reflete no ambiente da F1 em Interlagos. Diante de um clima bastante triste e até estranho para quem se acostumou com a alegria que o Brasil costuma proporcionar ao Mundial, Lewis Hamilton terminou o último e mais curto treino livre antes da classificação como o mais rápido neste sábado (14), repetindo o domínio imposto na manhã de sexta-feira em Interlagos, ficando à frente de Nico Rosberg.

Hamilton, apesar da liderança com uma volta voadora no fim da sessão, teve uma manhã de sábado bem movimentada. No começo do treino, enfrentou problemas no câmbio e teve de voltar lentamente para os boxes. Depois, acabou rodando na entrada do Mergulho e perdeu tempo. Mas quase no apagar das luzes, o britânico conseguiu marcar 1min12s070 e se colocou na frente, pouco mais de 0s1 à frente de Rosberg. Sebastian Vettel, comprovando que a Ferrari vem logo atrás da Mercedes, apareceu em terceiro lugar, mas com um tempo 0s690 mais lento em relação ao estabelecido por Hamilton.

Kimi Räikkönen foi o quarto colocado, enquanto Valtteri Bottas conseguiu colocar a Williams numa boa quinta posição. Diferente do finlandês, Felipe Massa não teve um bom desempenho com o FW37 e só terminou em 12º, cinco posições à frente do xará Felipe Nasr.
Lewis Hamilton com o capacete em tributo a Ayrton Senna nesta manhã (Foto: Reprodução/F1)
Saiba como foi o terceiro treino livre do GP do Brasil de F1

Diante de um ambiente de consternação em virturde dos atentados terroristas ocorridos na noite de sexta-feira em Paris, a F1 voltou a acelerar em Interlagos para a disputa do terceiro treino livre do GP do Brasil de F1. E, desde o começo, com muitos carros na pista. As Manor Marussia foram as primeiras a marcarem tempos, com Alexander Rossi virando tempo melhor que o de Will Stevens. Em princípio, os pilotos deixaram os boxes usando pneus médios.

Correndo à vontade em casa, Nasr colocou a Sauber na liderança provisória logo depois, com seis minutos de tempo percorrido. O brasileiro, que se mostrou surpreso com o desempenho do C34 na sexta-feira, começou uma boa sequência de voltas com os médios e anotou 1min14s960 em sua melhor passagem. No princípio da sessão, apenas Sauber e Manor estavam na pista.

Na sequência, a sessão mais curta do fim de semana antes da classificação começou a ganhar a presença de outros carros, como as Force India de Pérez e Hülkenberg e a Ferrari de Räikkönen. E foi o finlandês quem tirou Nasr do topo da tabela ao anotar 1min14s373 em sua primeira volta rápida. O nórdico era seguido por 'Checo' Pérez e Carlos Sainz Jr., que estava começando a fazer seu stint em Interlagos.

A liderança de Kimi foi tomada pouco depois pela outra Ferrari, a de Vettel, que começava sua jornada em Interlagos com uma volta 0s036 mais rápida que a do seu companheiro de equipe. Até que a favoritíssima Mercedes finalmente deixou os boxes com Hamilton na pista, bem como as Red Bull de Kvyat e Ricciardo. 
Lewis Hamilton parado na pista em Interlagos (Foto: Reprodução/F1)
Mas Hamilton teve problemas em sua primeira volta após deixar os boxes. Sua Mercedes ficou muito lenta e acabou parando na entrada do Laranjinha. O tricampeão conseguiu voltar para os boxes para que a equipe alemã pudesse checar o que de fato tinha acontecido. "Perdi as marchas", disse o britânico.

Até que Rosberg finalmente deixou os boxes para suas primeiras voltas rápidas em Interlagos. Sem maiores problemas, o alemão não teve dificuldade em se colocar na liderança e ser o primeiro a andar abaixo de 1min14s. Nico cravou 1min13s753, quase 0s3 mais rápido que Vettel. Sempre usando pneus médios quando restavam pouco mais de meia hora para o fim da sessão.

Só que Hamilton havia voltado à pista pouco depois. E desta vez sem problemas com o câmbio, o britânico acelerou forte para anotar 1min13s647 e assumir pela primeira vez a liderança do treino no sábado. Mas Rosberg deu o troco e bateu seu rival em pouco mais de 0s3 para se recolocar na ponta da sessão, que tinha Vettel em terceiro lugar, à frente de Räikkönen. Verstappen surpreendia com a ótima quinta colocação. Nasr aparecia em 12º, duas posições à frente de Felipe Massa.
A falta de aderência do asfalto de Interlagos também se mostrou evidente nesta manhã (Foto: Reprodução/F1)
Com o temporal que desabou na noite de sexta-feira, a pista perdeu toda a borracha que foi acumulada nos dois primeiros treinos em Interlagos. Assim, a dificuldade foi grande por parte dos pilotos quanto à aderência e muitos escaparam ou rodaram ao longo da sessão desta manhã.

O primeiro piloto a deixar os boxes com pneus macios foi Daniil Kvyat. Ao mesmo tempo, Hamilton rodou no mergulho da Junção quando estava prestes a fazer a melhor volta da sessão. "Não sei bem o que aconteceu lá, mas a traseira simplesmente escapou", falou o piloto via rádio. O tricampeão conseguiu voltar à pista e logo regressou aos boxes.

Com os pneus mais rápidos da sessão, o russo subiu para terceiro, superou Vettel, mas ainda assim ficou bem longe dos tempos estabelecidos pela Mercedes, imbatíveis em São Paulo. Até que todos os outros pilotos também seguiram Kvyat e aceleraram com pneus macios, inclusive Hamilton e Rosberg.

Em sua primeira volta rápida com os macios, Hamilton destruiu o tempo de Rosberg. Com uma volta avassaladora, o britânico marcou 1min12s070, de longe a melhor volta do fim de semana até então e se colocou na liderança. Mas Nico também tinha potencial para fazer tempo similar ou até melhor. Entretanto, Rosberg ficou próximo, mas não o bastante para conseguir superar Hamilton, confirmado como o mais rápido antes do treino classificatório do GP do Brasil.

F1, GP do Brasil, Interlagos, treino livre 3:

1 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:12.070   16
2 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:12.193 +0.123 19
3 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:12.760 +0.690 19
4 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:13.096 +1.026 20
5 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:13.335 +1.265 25
6 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:13.345 +1.275 19
7 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS MERCEDES 1:13.437 +1.367 19
8 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:13.506 +1.436 18
9 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS MERCEDES 1:13.534 +1.464 20
10 33 MAX VERSTAPPEN HOL TORO ROSSO RENAULT 1:13.548 +1.478 21
11 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT 1:13.572 +1.502 23
12 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:13.742 +1.672 24
13 26 DANIIL KVYAT RUS RED BULL RENAULT 1:13.829 +1.759 17
14 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:13.850 +1.780 19
15 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO RENAULT 1:13.959 +1.889 23
16 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:14.185 +2.115 23
17 36 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:14.288 +2.218 22
18 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:14.445 +2.375 17
19 28 WILL STEVENS ING MANOR MARUSSIA FERRARI 1:16.671 +4.601 15
20 98 ALEXANDER ROSSI EUA MANOR MARUSSIA FERRARI 1:17.059 +4.989 15
    TEMPO 107% TL3   1:17.115 +5.045  
               
RECORDE RUBENS BARRICHELLO BRA FERRARI 1:09.822 23/10/2004  
MELHOR VOLTA JUAN PABLO MONTOYA COL WILLIAMS BMW 1:11.473 24/10/2004  
               
    Condições do tempo   SOL ar: 24-28C | pista: 34-44ºC  
               
 

O GRANDE PRÊMIO acompanha o GP do Brasil com grande cobertura 'in loco' com Flavio Gomes, Evelyn Guimarães, Fernando Silva e Rodrigo Berton. Acompanhe aqui.

Quer ganhar um super kit do GRANDE PRÊMIO no GP do Brasil de F1? Então participe do 'Traz mais um no GP'.É simples:...

Posted by Grande Prêmio on Quinta, 12 de novembro de 2015
PADDOCK GP COM FELIPE MASSA: ASSISTA JÁ