Hamilton minimiza ultrapassagem de Pérez e diz que não se defendeu por estar pensando nos pontos

Lewis Hamilton afirmou ter deixado Sergio Pérez passar no duelo entre os dois logo no início da prova. O piloto da McLaren disse que não queria correr o risco de um abandono, pois está brigando pelo título

Um dos duelos mais interessantes do GP do Japão, disputado neste domingo (7), foi entre Lewis Hamilton e Sergio Pérez, substituto do inglês na McLaren em 2013. Logo no início da corrida, o mexicano não teve maiores dificuldades para superar o adversário no hairpin e então assumir a sexta colocação. Apesar disso, após a prova, Hamilton afirmou ter deixado o piloto da Sauber passar, pois estava mais preocupado com o campeonato e não queria correr o risco de um abandono logo no início.

“Eu o vi se aproximando, mas estou na luta pelo campeonato e ele não, então…”, disse Hamilton. “Eu achei que ele fosse fazer alguma manobra maluca, o que acabou acontecendo”, declarou.

Hamilton afirmou que não tentou se defender de Pérez (Foto: Red Bull/Getty Images)

Curiosamente, o duelo voltou a acontecer 13 voltas mais tarde, depois das paradas nos boxes. Como o piloto da McLaren voltou na frente, dessa vez ele foi um pouco mais agressivo, fechando a porta para Pérez. Sem ter por onde escapar, o mexicano tentou completar a manobra pelo lado de fora, mas acabou rodando e abandonando a corrida.

“Depois, quando ele estava atrás, eu vi ele se aproximando novamente, então eu me movi um pouco para a linha de dentro, pensando que ele fosse tentar por ali, assim ele não poderia passar, mas ele apenas mergulhou por fora. Foi muito interessante”, explicou.

Ao chegar aos boxes, Pérez admitiu ter cometido um erro no duelo com Hamilton ao afirmar que não tinha o que fazer na disputa. O piloto da McLaren, por sua vez, terminou na quinta colocação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube