Hamilton mostra preocupação com pandemia no Brasil: “Pensando em todos hoje”

Lewis Hamilton utilizou as redes sociais para chamar a atenção pelo coronavírus. O hexacampeão mundial chegou a mencionar o Brasil como um ponto de preocupação

Lewis Hamilton utilizou as redes sociais para mandar mensagens de apoio e atenção por conta da pandemia do coronavírus. O hexacampeão chegou a mencionar o Brasil, que registra, segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa, 66.093 mortes, com 1.643.549 de casos.

No Instagram, Hamilton também falou sobre a atual situação da África, que soma mais de 400.000 casos, além do Reino Unido e Estados Unidos.

“Pensando em todos hoje. No Brasil sofrendo com Covid, aqueles na África lutando contra a pandemia, com o crescimento no Reino Unido e em todos os Estados Unidos. Tome cuidado, pessoal, o vírus ainda está aqui. Ouvi de diversos amigos que tiveram e ficaram bem doentes, outros com sintomas leves e alguns sem sintomas”, declarou o piloto da Mercedes utilizando a ferramenta Stories.

Sempre engajado em causas sociais, Hamilton usou Instagram para falar da pandemia (Foto: Mercedes)

“Por favor, se protejam. Não saiam para clubes, restaurantes, parques ou festas em piscinas, por mais chato que isso tudo seja. Fiquem seguros durante este período. Mando amor e positividade a todos que estão na linha de frente tentando salvar vidas”, concluiu, chamando atenção para o isolamento social após estabelecimentos na Inglaterra fecharem após crescimento nos casos.

Hamilton se prepara para o GP da Estíria, segunda etapa do Mundial de F1, que será realizado no mesmo Red Bull Ring, que recebeu o GP da Áustria. Lewis terminou a prova na quarta posição, punido em cinco segundos após causar um acidente com Alex Albon.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar