Hamilton se diz feliz com ritmo inicial da Mercedes e vê Rosberg melhor em única volta rápida

Lewis Hamilton se mostrou contente com o desempenho inicial apresentado pela Mercedes em Mônaco, mas admitiu que ainda precisa melhorar em ritmo de classificação

Lewis Hamilton bem que tentou, mas não conseguiu fazer frente ao domínio imposto pelo colega de Mercedes, Nico Rosberg, nesta quinta-feira (23) em Mônaco, onde a F1 disputa a sexta etapa do Mundial. O inglês fechou o dia de treinos livres com a marca de 1min15s077, 0s318 atrás do alemão.

Hamilton gostou do desempenho inicial da equipe prateada, mas admitiu que ainda precisa melhorar o ritmo em uma única volta rápida, fazendo referência ao rendimento mais veloz do companheiro de equipe neste quesito. "Foi um começo positivo para nós hoje e estou satisfeito com o que conseguimos aqui em Mônaco", disse Lewis.

Lewis Hamilton responde perguntas dos jornalistas em Mônaco (Foto: Getty Images)

"Nós fizemos um bom trabalho em ritmo de corrida nesta tarde, e os pneus supermacios parecem funcionar muito bem aqui. Mas preciso melhorar meu desempenho em uma única volta rápida. O meu e o do carro também", completou o campeão de 2008.

Ao falar da expectativa sobre a performance em corrida da Mercedes, Hamilton se mostrou confiante em uma melhora significativa da equipe. "Tivemos um ritmo decente hoje, então temos de esperar e ver o que acontece. O carro está quase lá e o desempenho parece bom, então vamos trabalhar nos dados nesta noite e ver onde ainda temos de melhorar antes do fim de semana", acrescentou.

"Obviamente, temos um bom ritmo aqui, e Nico está muito, muito rápido, por isso é bom ficar de olho em tudo", concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube