F1

Hamilton segue imbatível e comanda terceiro treino livre na Austrália. Dupla da Ferrari fica logo atrás

Lewis Hamilton deu mais uma amostra de que está um patamar à frente dos rivais nesta abertura da temporada 2019 do Mundial de F1. No terceiro treino livre do GP da Austrália, o britânico foi novamente o mais rápido. E com sobras. A Haas, com seus dois pilotos no top-5, foi a grande surpresa

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Lewis Hamilton segue dando as cartas no fim de semana do GP da Austrália. O pentacampeão, que foi o mais rápido nos dois treinos livres de sexta-feira em Melbourne, voltou a comandar a tabela de tempos na manhã deste sábado (16) no circuito Albert Park. O britânico registrou o melhor tempo das atividades de pista até agora, com 1min22s292, e foi 0s264 mais rápido que Sebastian Vettel. Charles Leclerc colocou a outra Ferrari no top-3 depois de uma simulação de classificação que só não foi boa para Valtteri Bottas, que errou na penúltima curva do traçado oceânico.

Destaque para a Haas, que colocou seus dois carros no top-5: Romain Grosjean foi o quarto, seguido por Kevin Magnussen. Só então apareceu a primeira Red Bull, de Pierre Gasly, na sexta colocação, à frente da Mercedes de Bottas. E a Toro Rosso novamente andou bem, com Daniil Kvyat em oitavo. Max Verstappen, que fez seu melhor tempo com os pneus médios, foi o nono colocado, seguido pelo seu ex-companheiro de equipe e atual titular da Renault, Daniel Ricciardo, o dono da casa.

E a Williams segue muito atrás das rivais. George Russell e Robert Kubica ficaram nas últimas colocações, com o britânico terminando a 3s6 do tempo registrado por Hamilton, enquanto o polonês, de volta à F1, fechou com 4s2 de déficit.
Lewis Hamilton segue dando o tom do fim de semana na Austrália (Foto: AFP)
O treino classificatório acontece logo mais, às 3h (horário de Brasília. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Austrália, prova que abre a temporada 2019 do Mundial de F1. Siga tudo aqui.

Saiba como foi o terceiro treino livre do GP da Austrália
 
A sessão que abriu as atividades deste sábado em Melbourne começou com a dupla da Williams completando as primeiras voltas rápidas no Albert Park. Depois de uma sexta-feira com tempos bem longe das equipes adversárias e mais lentos até em relação a 2018, a equipe dos atuais titulares George Russell e Robert Kubica foi à pista para buscar soluções para os graves problemas do FW42.
 
Mas as Williams duraram pouco na liderança. Logo a Red Bull mandou seus dois carros, que não tiveram dificuldades para liderar a tabela de tempos. Max Verstappen, com os pneus médios, registrou 1min25s106 no seu primeiro giro, com Pierre Gasly ficando 1s053 atrás.
 
A hegemonia taurina na tabela de tempos seguiu, mas com a equipe filial da Red Bull. Daniil Kvyat colocou a Toro Rosso na ponta com 1min24s860, mas completando sua primeira volta rápida com os pneus macios. Depois, foi a vez de Romain Grosjean colocar a Haas em segundo, 0s009 atrás de Kvyat, também com pneus macios.
Sebastian Vettel chegou a tomar a ponta no começo do terceiro treino neste sábado (Foto: AFP)
Em seguida, Mercedes e Ferrari ganharam a pista para as primeiras voltas rápidas do dia. E aí a tabela de tempos passou a ter um cenário mais claro e real. Sebastian Vettel, com os pneus macios, registrou 1min23s739, com Valtteri Bottas aparecendo em segundo, 0s114 atrás, e Charles Leclerc em terceiro.
 
Só que Hamilton tratou de colocar a Mercedes à frente da Ferrari ao marcar 1min23s699, 0s040 mais rápido que Vettel, e assumir a liderança da sessão. Leclerc também conseguiu melhorar seu tempo, deixando Bottas em quarto. Os quatro primeiros colocados eram separados por 0s154. A Red Bull de Verstappen ainda tinha sua melhor volta com os pneus médios.

A Mercedes continuou dando o tom prateado da sessão e encaixou uma dobradinha. Primeiro, Bottas melhorou para 1min23s684, 0s015 mais rápido que Hamilton, que devolveu em seguida com 1min23s360, abrindo 0s324 para o finlandês. Ainda bem longe de 1min22s600, o melhor tempo registrado na última sexta-feira. Ao mesmo tempo, Kubica cometeu um erro na entrada do pit-lane e chegou a bater no muro antes de seguir para os boxes da Williams.

Se Hamilton sobrava na liderança da sessão, o pelotão intermediário, liderado por Romain Grosjean, era bastante apertado, com apenas 0s3 separando sete pilotos. A expectativa era sobre a dupla da Red Bull, com Verstappen e Gasly como os únicos a terem seus melhores tempos feitos com os pneus médios.
Romain Grosjean foi um dos destaques nos últimos minutos da sessão (Foto: Haas)
Já na fase final do treino, Vettel tratou de dar um pouco de emoção ao registrar o melhor tempo do fim de semana até então, com 1min22s556.

Na sequência, Magnussen subiu para a segunda posição, superando as Mercedes de Hamilton e Bottas. O dinamarquês acabou sendo superado depois por Grosjean, com os dois carros da equipe norte-americana no top-3 provisório. Logo depois, foi a vez de Leclerc completar sua simulação de classificação e passar na segunda posição.

Só que a Mercedes também tinha de encerrar sua simulação de classificação. E aí, novamente, Hamilton sobrou ao cravar 1min22s292, 0s264 mais rápido que Vettel. E a Red Bull aproveitou os minutos derradeiros para finalmente colocar o carro de Pierre Gasly na pista com os pneus macios. O francês chegou a marcar o sexto tempo, superando a marca de Bottas, que errou na sua tentativa de volta rápida no fim da sessão.

F1 2019, GP da Austrália, Albert Park, treino livre 3:

1 L HAMILTON Mercedes 1:22.292   12
2 S VETTEL Ferrari 1:22.556 +0.264 12
3 C LECLERC Ferrari 1:22.749 +0.457 12
4 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:23.112 +0.820 17
5 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:23.334 +1.042 15
6 P GASLY Red Bull Honda 1:23.367 +1.075 17
7 V BOTTAS Mercedes 1:23.422 +1.130 17
8 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:23.442 +1.150 16
9 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:23.481 +1.189 19
10 D RICCIARDO Renault 1:23.695 +1.403 14
11 N HÜLKENBERG Renault 1:23.737 +1.445 15
12 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:23.831 +1.539 16
13 C SAINZ JR McLaren Renault 1:24.049 +1.757 21
14 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:24.082 +1.790 18
15 A ALBON Toro Rosso Honda 1:24.328 +2.036 15
16 L STROLL Racing Point Mercedes 1:24.345 +2.053 16
17 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:24.402 +2.110 18
18 L NORRIS McLaren Renault 1:24.568 +2.276 16
19 G RUSSELL Williams Mercedes 1:25.944 +3.652 14
20 R KUBICA Williams Mercedes 1:26.589 +4.297 16
    Tempo 107% 1:28.052 +5.760  
           
REC L HAMILTON Mercedes 1:21.164 24/03/2018  
MV M SCHUMACHER Ferrari 1:24.125 07/03/2004