Hamilton sente que respeito dos brasileiros “só cresceu” desde briga com Massa

Lewis Hamilton ganhou jeito de vilão depois de tirar o título de Felipe Massa no Brasil em 2008. Só que isso virou coisa do passado: o britânico sente que os brasileiros “estão gostando mais de mim” ano após ano

Para ser campeão da Fórmula 1 pela primeira vez, Lewis Hamilton precisou derrotar um brasileiro – foi Felipe Massa, vice-campeão da categoria em 2008. O britânico virou desafeto em território nacional, mas isso já parece ser coisa do passado. Às vésperas de seu 13º GP do Brasil, o hexacampeão se sente cada vez mais querido nas visitas a Interlagos. 
 
“Eu amo que, todas as vezes que venho para o Brasil, sinto que os brasileiros estão gostando mais de mim”, disse Hamilton, perguntado durante entrevista coletiva acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO. “Em 2008 eu estava lutando contra um brasileiro [Massa], mas desde então parece que o respeito só cresceu entre nós”, seguiu.
Lewis Hamilton se sente querido pelo público brasileiro (Foto: Mercedes)

A pergunta surgiu a respeito da possibilidade de Hamilton não ser tão reconhecido na Inglaterra. O piloto da Mercedes retrucou, destacando que sente o apoio dos compatriotas onde quer que vá.

 
“Em termos do meu reconhecimento na Inglaterra, não sei. Eu só vejo o lado positivo, não o negativo”, destacou. “Quando vou para Silverstone, só vejo o pessoal me apoiando. Eu vejo os britânicos nos fins de semana, e teremos britânicos aqui com uma bandeira. Eu não penso no fato de que poderia ser diferente se eu fosse branco. Eu vejo essas coisas e só tento ser bom. Cada vez mais me torno melhor, conquisto mais”, encerrou.

Ainda na entrevista desta concedida com a participação do GRANDE PRÊMIO, Hamilton apontou que irá deixar de usar plástico na vida cada vez mais sustentável; garantiu que sente ser um herdeiro de Ayrton Senna no Mundial e, assim, ficará na F1 até o amor acabar; prometeu começar um trabalho voltado a diminuir o déficit de representatividade no esporte a motor; fez mistério sobre o mercado de pilotos da F1 para 2021; e se mostrou contrário à construção do autódromo de Deodoro por questões ambientais e pediu investimento em educação. 

 
Hamilton chega ao Brasil já com o título de 2019 confirmado. Sem muito em jogo, Lewis busca a terceira vitória em Interlagos. A etapa tem cobertura IN LOCO do GRANDE PRÊMIO com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

 
Paddockast # 41
MAIORES VITÓRIAS DE HAMILTON NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube