F1
10/06/2016 15:29

Hamilton supera Rosberg com folga e lidera primeiro treino livre no Canadá. Massa bate forte

Maior vencedor do GP do Canadá entre os pilotos em atividade, Lewis Hamilton não teve dificuldades para liderar o primeiro treino livre do fim de semana. O britânico assinalou 1min14s755 como melhor tempo desta manhã. Felipe Massa repetiu Mônaco e bateu forte na primeira sessão do fim de semana no circuito Gilles Villeneuve
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Lewis Hamilton lidera o primeiro treino livre do GP do Canadá (Foto: Twitter)


Lewis Hamilton parece mesmo determinado a consolidar sua reação depois da grande vitória no GP de Mônaco. O tricampeão do mundo começou com o pé direito o fim de semana do GP do Canadá e garantiu o melhor tempo do primeiro treino livre no circuito Gilles Villeneuve, na manhã desta sexta-feira (10). Fazendo uso dos pneus supermacios, o britânico cravou 1min14s755 como melhor marca da sessão matinal.

Lewis sobrou em relação aos rivais, sobretudo Nico Rosberg, seu companheiro de Mercedes e líder do campeonato. O alemão ficou em segundo e registrou 1min15s086, mas com pneus ultramacios. A terceira colocação ficou com Sebastian Vettel, com "uma nova Ferrari", segundo Maurizio Arrivabene. A diferença de Vettel em relação ao líder, contudo, não foi pequena: 0s488.

Max Verstappen garantiu o quarto lugar da sessão, sendo o melhor posicionado dentre os carros da Red Bull — Daniel Ricciardo foi só o 11º. Kimi Räikkönen foi o quinto, indicando uma Ferrari em melhor forma neste fim de semana em Montreal. Valtteri Bottas, com a Williams, terminou em sexto, à frente de Nico Hülkenberg, da Force India, e de Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso. O espanhol foi um dos bons nomes do treino. Sergio Pérez, pódio em Mônaco, foi o nono, enquanto Fernando Alonso completou o rol dos dez primeiros.

O destaque negativo da sessão ficou com Felipe Massa. O brasileiro até vinha bem na sessão, mas sofreu um acidente nos minutos iniciais do treino ao perder o controle da sua Williams quando fechou a asa móvel, rodar e bater forte a traseira do carro na barreira de pneus. Massa saiu andando normalmente do carro, mas seu treino se encerrava ali. Massa acabou em 14º. Já o compatriota Felipe Nasr, por sua vez, foi novamente discreto com a Sauber e terminou em 17º, mas foi melhor que os dois carros da Renault, além da dupla da Manor e de seu companheiro de Sauber, Marcus Ericsson.
Lewis Hamilton lidera o primeiro treino livre do GP do Canadá (Foto: Twitter)
Saiba como foi o primeiro treino livre do GP do Canadá de F1

Depois dos primeiros minutos, em que boa parte dos pilotos buscou realizar as primeiras voltas de instalação e checagem dos carros e da pista, Nico Rosberg anotou o primeiro tempo do fim de semana em Montreal ao cravar 1min30s434 usando pneus macios. Com exceção de Manor e McLaren, que estavam com os supermacios, todas as outras equipes usavam pneus amarelos. Fazia frio em Montreal, com a temperatura ambiente na casa dos 13ºC e 27ºC no asfalto.
Luz verde abre o primeiro treino livre do fim de semana no Circuito Gilles Villeneuve (Foto: Twitter/Reprodução)

Rosberg completou apenas uma 'volta rápida'  antes de voltar aos boxes. Neste tempo, as Manor foram à pista, mas apenas Rio Haryanto registrou marca: 1min23s056, enquanto Pascal Wehrlein regressou aos pits. Na sequência, Daniel Ricciardo foi à pista para abrir seu primeiro stint. E logo o australiano cravou 1min18s430 com o Red Bull RB12, usando pneus macios.

Naquele momento, ninguém arriscou sair com os ultramacios, pura questão de economia. Felipe Massa foi um dos primeiros a completar volta rápida com os supermacios e logo se colocou à frente de todos ao anotar 1min17s065. Em seguida, Max Verstappen superou Ricciardo em meros 0s012 para subir para segundo lugar. A posição, contudo, foi ocupada na sequência por Valtteri Bottas.

Mas Verstappen fez grande volta para se colocar na liderança com 1min16s997, usando os pneus macios. Com os supermacios, contudo, Kimi Räikkönen colocou a Ferrari na ponta com 1min16s138. Pouco depois, às 10h24 (horário local), Massa, na abertura de mais uma volta rápida, perdeu o controle do seu Williams ao desativar a asa móvel, rodou e bateu de traseira na barreira de pneus da curva 1, estampada com o logo da Heineken. De certa forma, o brasileiro repetiu Mônaco, quando bateu também no TL1. A direção de prova acionou a bandeira vermelha.
Momento do impacto da Williams de Massa na barreira de pneus estampada pela Heineken (Foto: Twitter/Reprodução)
A sessão foi retomada às 10h37 locais, 11h37 pelo horário de Brasília. Räikkönen liderava a sessão, seguido por Verstappen e Vettel. Massa, que não voltaria mais ao treino, estava em quarto, seguido por Bottas. Felipe Nasr era o nono dentre 14 carros que tinham marcado tempo.

Na sequência, Esteban Gutiérrez foi à pista com seu Haas usando pneus ultramacios, sendo o primeiro piloto a fazê-lo em Montreal. Mas quem fez bom tempo foi Carlos Sainz, que pulou para terceiro. Segundos depois, Bottas assumiu o segundo lugar, com uma performance aparentemente boa da Williams, mas Sainz deu o troco para superar o finlandês e colocar a Toro Rosso só atrás da Ferrari de Räikkönen.

Enquanto Hamilton aquecia seus pneus antes de abrir sua primeira volta rápida, Jenson Button registrava bom tempo com a McLaren: 1min16s788, subindo para quarto. Lewis estava com os supermacios, mas abortou sua volta. Quem não abortou foi Rosberg. Com pneus ultramacios, o alemão se colocou na ponta da tabela de tempos ao anotar 1min15s746. Mas Nico não ficaria na frente por muito tempo.
Fernando Alonso acena para a torcida em Montreal (Foto: Twitter/Reprodução)

Isso porque Hamilton conseguiu acertar sua segunda volta rápida. Com os supermacios, Lewis cravou 1min14s980 para subir para a liderança da sessão. Quem melhorava também era Verstappen, que pulou para segundo, 0s004 mais rápido que Rosberg, que vinha em terceiro. Räikkönen caía para quarto, enquanto Bottas fechava o rol dos cinco primeiros.

Rosberg subiu para segundo, conseguindo superar a marca de Verstappen. Mas Hamilton manteve sua sequência de voltas rápidas e cravou 1min14s755, tempo absoluto para se manter com autoridade na liderança do treino em Montreal. Minutos depois, Vettel fez bom tempo e avançou para terceiro, jogando Verstappen para quarto e Kimi para o fim do top-5.

Que tal participar do Fantasy F1 e concorrer a prêmios? Inscreva-se no 'Fantasy F1 Grand Prix du Canada (RtAD) 2016'.

Funciona assim: forme uma equipe com um orçamento de 115 milhões de euros. Seus pilotos marcarão pontos com base nos resultados das corridas (pontos de corrida) e na diferença entre a posição final e a posição da qualificação (pontos de bônus).

Ficou interessado? Vem e entre nesta com a gente.

Nos minutos finais, os pilotos e as equipes adotaram uma programação para avaliar os pneus, sobretudo os ultramacios e supermacios, em condições de corrida. Desta forma, houve poucas mudanças na tabela de tempo. Nos boxes da McLaren, Button teve um problema no motor Honda, causando um verdadeiro fumacê.

A registrar, pois, que Nasr foi o mais rápido dentre as equipes mais fracas da F1 na atualidade. O brasiliense conseguiu superar os dois carros da Manor e também a dupla da Renault, além do seu companheiro de Sauber, Marcus Ericsson, para fechar a sessão em 17º.

F1, GP do Canadá, Circuito Gilles Villeneuve, treino livre 1:

1 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:14,755   22
2 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:15,086 +0,331 30
3 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:15,243 +0,488 22
4 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER 1:15,553 +0,798 29
5 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:15,618 +0,863 23
6 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:16,301 +1,546 30
7 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:16,464 +1,709 24
8 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO FERRARI 1:16,543 +1,788 21
9 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:16,577 +1,822 25
10 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:16,663 +1,908 18
11 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER 1:16,734 +1,979 28
12 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:16,788 +2,033 8
13 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI 1:17,008 +2,253 22
14 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:17,065 +2,310 7
15 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO FERRARI 1:17,310 +2,555 24
16 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX HAAS FERRARI 1:17,319 +2,564 24
17 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:17,855 +3,100 21
18 88 RIO HARYANTO INA MANOR MERCEDES 1:18,103 +3,348 21
19 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:18,129 +3,374 8
20 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN RENAULT 1:18,409 +3,654 13
21 94 PASCAL WEHRLEIN ALE MANOR MERCEDES 1:18,453 +3,698 30
22 30 JOLYON PALMER ING RENAULT 1:18,583 +3,828 28
PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR