Hamilton tem primeira chance do hexa no México. Confira matemática do título

Não é tão provável, mas Lewis Hamilton já tem chances de garantir o título no GP do México. No cenário mais possível, o inglês precisa vencer a corrida, anotar a volta mais rápida e torcer para que o companheiro de equipe Valtteri Bottas fique fora do pódio

O GP do México pode receber a decisão do título da Fórmula 1 pelo terceiro ano consecutivo, e novamente com Lewis Hamilton, da Mercedes. No atual cenário, o único piloto que pode tirar o hexacampeonato das mãos do inglês é Valtteri Bottas, o seu companheiro de equipe. O cenário não é tão claro para Hamilton no México, indicando que a verdadeira decisão deve acontecer na próxima semana, nos Estados Unidos.
 
O pentacampeão tem 338 pontos, contra 274 do finlandês. 104 é a pontuação máxima que pode ser conquistada nas quatro corridas finais. Com 64 de vantagem, Hamilton precisa abrir mais 14 em cima de Bottas para garantir o título no Autódromo Hermanos Rodríguez.
 
Caso o #44 vença a corrida de domingo e anote a volta mais rápida, com 26 pontos, precisa que Bottas fique fora do pódio para conquistar o campeonato. Se vencer sem anotar o giro mais veloz da prova, somando 25, precisará que o finlandês termine em uma posição igual ou pior ao quinto lugar.
Lewis Hamilton (Foto: Beto Issa)
Se Lewis ficar com a segunda posição, independente de ter a volta mais rápida ou não, Bottas precisa ficar em oitavo ou pior. Hamilton tem nove vitórias na temporada, e não pode ser mais alcançado pelo companheiro neste quesito, já que o máximo que Valtteri pode alcançar são sete triunfos.
 
O terceiro lugar é o último cenário em que Hamilton garante o título no México. Com a volta mais rápida, ele precisaria de Bottas na décima posição, o que soa bastante improvável com a superioridade da Mercedes em relação ao pelotão intermediário da categoria.
 
Fora do pódio, o pentacampeão não consegue alcançar o sexto título mundial em Hermanos Rodríguez, o que deixaria o segundo ‘match point’ para o GP dos Estados Unidos, que acontece no próximo dia 3.

O GP do México está marcado para o domingo, às 16h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube