F1

Hamilton vê felicidade da Mercedes por título como “efeito dominó” para temporada 2019

Para o pentacampeão mundial Lewis Hamilton, a Mercedes deve entrar empolgada para 2019 após o título dele e também o entre Construtores. É o chamado “efeito dominó”
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)


Os adversários que se preparem: se depender da felicidade sentida pela Mercedes, a equipe entrará na temporada 2019 ainda mais empolgada do que neste ano - no qual não só levou o título do Mundial de Pilotos, com Lewis Hamilton, como garantiu o penta consecutivo entre os Construtores.

É o que diz o próprio Hamilton, ao fazer previsão para o próximo ano. Segundo o penta, a alegria da equipe é fator fundamental na motivação para segur no topo ano que vem.

"Somos sortudos em ter tanto sucesso, mas usualmente quando vencemos comemoamos de forma discreta. Desta vez, não. Foi muito bom ver todos celebrando. Todos estavam roendo as unhas durante o ano, então foi com muito esforço de todos (que vencemos)."

"Nunca é de graça, você precisa continuar trabalhando. Foi isso que fizemos, mantivemos a esperança alta e mantivemos nossos alvos muito, muito altos. E isso deve, e vai, servir como um grande "efeito dominó" para o ano que vem", explicou Hamilton.
Lewis Hamilton e Kimi Räikkönen (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
O #44 também mostrou a importância que dá à sua equipe e todos os membros: "Ver a felicidade de todos, saber que quando voltamos para a fábrica estarei com todas essas pessoas, isso é gigante. Nunca experimentei tamanha felicidade como quanto aqui", completou.

Hamilton renovou com a Mercedes por dois anos no meio de 2018. Ele receberá cerca de R$ 200 milhões até o final de 2020.