Marko revive rusga com Gasly e diz que Pérez melhora e “não tenta reinventar o carro”

Depois de muito criticar Sérgio Pérez, Helmut Marko, consultor da Red Bull, declarou que vê melhoras no mexicano. Mas não deixou seus comentários ácidos passarem em branco e aproveitou para dar uma cutucada em Pierre Gasly, da AlphaTauri

Depois de dar um prazo de cinco corridas para, de fato, sua performance pela Red Bull melhorar, Sergio Pérez parece ter encontra caminhos mas fáceis em Mônaco – depois de lutar bravamente para manter a quarta posição e quase fisgar o terceiro lugar do pódio de Lando Norris. Embora ainda não seja bom o suficiente, para Helmut Marko, consultor da Red Bull, isso já é um ponto positivo: ele não tenta reinventar o carro, como Pierre Gasly em seu período na equipe em 2019.

“Pérez está cada vez melhor”, avaliou o austríaco. “Ele não quer reinventar o carro, como Gasly. Em vez disso, ele olha para Max, analisa suas voltas e vê onde ele precisa melhorar”, completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sergio Pérez ainda não convenceu na Red Bull, sobretudo aos sábados (Foto: Red Bull Pool Content/Getty Images)

‘Checo’ Pérez, inclusive, já deu declarações em que reafirma o que foi dito por Marko: ele precisa melhorar. Por isso, o mexicano se inspira em Verstappen que, de acordo com sua análise, tira mais que 100% do RB16B. O holandês atualmente é o líder do Mundial.

“Tenho uma referência forte em Max. Ele obviamente tira 110% do carro desde o primeiro treino livre até a corrida, no domingo, então preciso primeiro chegar a esse nível e depois pensar em qualquer outra coisa. É assim que eu vejo. Não faz sentido seguir outro caminho, porque vou ficar perdido, então estou trabalhando de maneira muito semelhante ao meu companheiro”, admitiu o piloto.

Aos sábados, o piloto, até aqui, não foi muito bem. Nas primeiras cinco corridas, classificou-se em 11º no Bahrein, 2º em Ímola, 4º em Portimão, 8º em Barcelona e 9º em Mônaco. No GP da Emília-Romanha, ele conseguiu se classificar à frente de Max Verstappen mas, no geral, teve um desempeno abaixo, se comparado ao seu companheiro equipe. Por isso, o mexicano já disse que o foco é um só: melhorar nas classificações.

“Preciso me encontrar aos sábados. O ritmo de corrida é muito bom, então precisamos ter esse sábado e, então, o ritmo virá. Não estou aprendendo a guiar o carro tão rápido quanto Max, precisamos melhorar isso”, concluiu.

Fórmula 1 volta à ação no dia 6 de junho, com o GP do Azerbaijão, nas ruas de BakuGRANDE PRÊMIO acompanha diariamente todos os detalhes do Mundial.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar