Honda cogita ser patrocinadora na F1 e fala em apoiar Red Bull em “período de transição”

Masaya Nagai afirmou que a Honda fará tudo que puder para assegurar que os rubro-taurinos estejam prontos para correr na Fórmula 1 com o próprio motor

A Honda vai deixar o posto de fornecedora de motores da Fórmula 1 no fim do ano, mas considera a possibilidade de seguir no Mundial como patrocinadora. Enquanto essa alternativa permanece na esfera de consideração, uma coisa é certa para a montadora japonesa: o apoio à Red Bull nesta fase de transição.

A equipe dos energéticos vai assumir a propriedade intelectual o trem de força da Honda em 2022 e contar com o apoio da montadora nesta fase de transição. Ainda não foi decidido, porém, o nível de envolvimento dos japoneses.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Honda vai deixar a Fórmula 1 no final de 2021 (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“As conversas com a Red Bull ainda não foram finalizadas”, disse Masaya Nagai, chefe da Honda, ao site japonês Motorsport.com. “Ainda não foi determinado em detalhes em que medida vamos apoiá-los no período de transição”, seguiu.

“Faremos tudo que pudermos para garantir que a Red Bull esteja pronta para correr com o próprio motor”, assegurou.

Além disso, o dirigente revelou que a Honda pode seguir na Fórmula 1 como uma patrocinadora.

“Não seremos mais um fornecedor de motores, então nosso logo não será visto por todos os lugares. Talvez como patrocinador, mas ainda não decidimos”, explicou.

Preparando a saída, Nagai confirmou que a Honda ainda não tem participado das conversas em relação aos motores de 2025 da Fórmula 1, mas deixou aberta a possibilidade de um retorno.

“A fonte de energia vai mudar e a maneira de correr também pode mudar, por causa do desenvolvimento de CO2 [carbono] neutro. Se isso encaixar conosco, podemos considerar voltar naquele momento, mas, por enquanto, não existe esse questionamento”, encerrou.

LEIA TAMBÉM
Como fracasso na McLaren ajudou sucesso rápido da Honda com Red Bull

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar