Honda descarta danos após acidente em Singapura e mantém motor usado por Alonso para fim de semana em Sepang

Envolvido no acidente que também tirou Sebastian Vettel, Kimi Räikkönen e Max Verstappen logo na primeira curva da corrida em Singapura, Fernando Alonso poderá utilizar o mesmo motor no GP do próximo final de semana. Honda suspeitou que o motor havia sido atingido, mas inspeção garantiu a reutilização

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Fernando Alonso utilizará no próximo final de semana, em Sepang, o mesmo motor envolvido no acidente em Singapura, há pouco mais de uma semana. A Honda anunciou nesta segunda-feira (25) que, após inspeção, não encontrou problemas e que o espanhol terá mantido o motor em sua McLaren.

O asturiano foi o quarto envolvido no acidente que, já na primeira curva em Singapura, tirou Sebastian Vettel, Kimi Räikkönen e Max Verstappen da prova. Alonso foi atingido na lateral de seu carro e ainda conseguiu permanecer na pista por algumas voltas, antes de ser obrigado a abandonar – na largada, aliás, ele pulou para terceiro rapidamente e, depois da prova, afirmou que sentia ser possível brigar por pódio.

"Tivemos diversos situações de azar em Singapura. Fernando se envolveu em um acidente sem ter culpa. Estávamos preocupados que o motor dele teria sofrido problemas irreparáveis, mas por sorte, após inspeção, podemos confirmar que está em condições de ser usado novamente", disse Yusuke Hasegawa, chefe da Honda.

Fernando Alonso (Foto: McLaren)

Agora, a preocupação de Alonso é com como o motor da montadora dificultará sua corrida na Malásia. Prova com retas longas, ela deve dificultar a vida do piloto que, como se sabe, tem em mãos uma McLaren que não consegue se manter forte quando precisa chegar ao limite.

"O circuito de Sepang é um misto de longas retas com curvas fechadas, o que sem dúvidas torna a corrida bastante animada para o público. Apesar de nossos problemas, acredito que qualquer coisa possa ocorrer e que, em caso de surpresas, possamos aproveitar brechas para quem sabe ir bem", finalizou Hasegawa.

’SOLDADINHO’ DA PENSKE?

CASTRONEVES TEM FALTA DE TÍTULO COMO MANCHA NA CARREIRA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube