Honda prevê fim de semana de punições em Spa, e Alonso reconhece: “GP da Bélgica será difícil para nós”

A McLaren Honda chega à Bélgica renovada depois de um alentador resultado ao fim da primeira parte da temporada 2015 da F1. Mas a perspectiva para o fim de semana em Spa-Francorchamps é de dias difíceis, sobretudo pela demanda de potência que o desafiador traçado exige

Embora a Honda entenda que sua unidade de força está cada vez mais próxima a da Ferrari com as atualizações que foram implementadas nas férias de verão, o fato é que a perspectiva não só da montadora japonesa, mas também da McLaren, é de um fim de semana difícil no GP da Bélgica. A prova que abre a segunda metade da temporada 2015 do Mundial de F1 será disputada em Spa-Francorchamps, um dos circuitos que mais exige potência e bom equilíbrio do carro, de modo que a McLaren acredita em dias difíceis. A Honda, por sua vez, espera ter de lidar com punições devido às recentes atualizações implementadas nos motores.

Na prévia do GP da Bélgica, divulgada pela McLaren nesta terça-feira (18), Fernando Alonso comemorou por voltar ao cockpit do MP4-30 #14 neste fim de semana e recordou o resultado conquistado na Hungria, há quase um mês, quando terminou a corrida de Budapeste em um alentador quinto lugar, sua melhor performance em 2015.

Depois de um resultado alentador na Hungria, Alonso prevê fim de semana difícil em Spa-Francorchamps (Foto: AP)

“É muito bom estar de volta. Aproveitei bem e relaxei durante as férias, mas também treinei duro, e me sinto na melhor forma para começar a segunda fase da temporada. Ficamos muito animados com o resultado da Hungria, e ainda que tivéssemos sorte, ainda assim lutamos muito e terminamos a corrida com um resultado positivo”, destacou Alonso.

Contudo, Fernando reconhece que a perspectiva para Spa-Francorchamps não é das mais animadoras para a McLaren. “Spa será difícil para nós devido à configuração da pista, que exige potência, downforce e uma boa parte da volta acelerando a fundo. Mas partindo da perspectiva do piloto, é um circuito espetacular e os fãs também fazem de Spa um lugar verdadeiramente especial”, disse.

Spa é uma das poucas pistas onde Alonso não venceu correndo de F1. “Já venci quando estava na F-3000, mas nunca na F1. Desfrutei de batalhas emocionantes lá e estou com muita disposição para vivenciar mais delas neste fim de semana”, afirmou o espanhol, que completou 34 anos durante o período de férias de verão.

“As próximas corridas serão importantes para nós: precisamos seguir em frente mudando as coisas do carro e da unidade de força, então teremos mais progresso e uma boa correlação entre o simulador e nosso rendimento em pista. Isso não será necessariamente nem em Spa e tampouco em Monza, mas seguimos desenvolvendo a cada corrida”, completou o piloto de Oviedo.

Companheiro de equipe de Alonso, Jenson Button chega a Spa-Francorchamps também com os pés no chão sobre uma eventual melhora da McLaren. “Não podemos almejar um grande salto de qualidade em termos de performance, especialmente neste circuito, já que ele não se adapta às características do nosso carro, mas depois da parada, me sinto renovado, otimista e pronto para seguir com as melhorias que realizamos até agora.”

Yasushisa Arai, chefe da divisão da Honda para a F1, disse que a montadora não parou durante as férias. Tudo para oferecer à McLaren a versão atualizada do seu motor. Ainda assim, o engenheiro acredita que o fim de semana em Spa-Francorchamps será dos mais difíceis pela perspectiva de punições em decorrência das atualizações nas unidades de força.

“Depois de um resultado positivo e merecido na Hungria, a pausa no verão foi um grande descanso para a equipe de pista, mas em Sakura nós seguimos com o desenvolvimento da unidade de força. Conforme o planejado, a Honda atualizou as características de combustão para melhorar nossas unidades de força para Spa e a segunda parte da temporada”, descreveu Arai.

“Os treinos livres do fim de semana serão importantes para testar os motores dos carros. A corrida belga, contudo, será difícil para a equipe e os pilotos. Esperamos punições no grid e um circuito longo e implacável em termos de potência. No entanto, a McLaren Honda está concentrada em melhorar a cada corrida. Sabemos que podemos aprender muito do circuito para um futuro imediato, e espero que possamos sair deste fim de semana com algo positivo”, acrescentou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube