Honesto, Räikkönen diz que precisa “pilotar um pouco melhor” para brigar por pole em Mônaco

Sexto colocado nesta quinta-feira (23), em Mônaco, Kimi Räikkönen falou que o E21 estava se comportando melhor a cada entrada na pista, porém, ainda não está bom o suficiente para largar na primeira posição no domingo

As imagens da quinta-feira no F1 em Monte Carlo 
Acompanhe a cobertura do GP de Mônaco no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Vice-líder do Mundial de F1, Kimi Räikkönen terminou a quinta-feira (23) “muito mais contente” do que estava no início da manhã no Principado de Mônaco. É que a Lotus, no início do primeiro treino livre do fim de semana, estava tentando superar algumas dificuldades no acerto do carro. Segundo Kimi, o time conseguiu, mas é preciso um pouco mais para brigar pela pole-position no treino classificatório do próximo sábado.

No resultado combinado das duas sessões realizadas hoje, o finlandês ficou com a sexta colocação, à frente de seu companheiro de equipe, Romain Grosjean. O líder, Nico Rosberg, foi 0s752 mais rápido.

Kimi Räikkönen deixa os boxes de Mônaco nos treinos livres para o GP de Mônaco (Foto: Lotus)

“Passamos a primeira sessão arrumando a direção, pois ela não estava boa no começo, depois mudamos algumas coisas no carro e ficou muito melhor”, explicou Räikkönen.

“Ainda temos que melhorar em algumas outras áreas, mas estávamos melhorando a cada entrada na pista hoje. Para ficar com a pole, temos que deixar o carro um pouco mais rápido no geral e eu tenho que pilotar um pouco melhor, então vamos ver o que acontece,” completou o ‘Homem de Gelo’.

As atividades do Mundial de F1 serão retomadas na manhã de sábado, apenas. Às 6h (de Brasília), acontece o terceiro e último treino livre, e às 9h, a sessão que define as posições de largada para o GP de Mônaco, sexta etapa da temporada 2013 da F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube