Hülkenberg deixa Force India e forma dupla da Sauber com Gutiérrez em 2013, crava jornalista

Segundo Andrew Benson, jornalista da emissora britânica BBC, Kamui Kobayashi deixará a Sauber no fim da temporada para dar lugar a Nico Hülkenberg. O jovem Esteban Gutiérrez será promovido a titular e seguirá garantindo o polpudo patrocínio da Telmex, de Carlos Slim

De nada adiantou o épico pódio conquistado por Kamui Kobayashi diante dos seus fãs no GP do Japão, na semana passada. Isso porque a Sauber deverá contar com uma nova dupla de pilotos para 2013. Saem Kobayashi e Sergio Pérez, este, de partida para a McLaren, e chegam Nico Hülkenberg, que faz bela temporada pela Force India, além de Esteban Gutiérrez, atual reserva do time suíço, mas que será promovido a titular no próximo Mundial. A informação foi divulgada há pouco pelo correspondente de F1 para a emissora BBC, o jornalista britânico Andrew Benson, neste domingo (14).

Dessa forma, abrirá uma vaga muito cobiçada na Force India. E são muitos os candidatos ao lugar de Hülkenberg. Benson aponta Sébastien Buemi e Jaime Alguersuari, ex-pilotos da Toro Rosso até o ano passado, como postulantes a um cockpit na escuderia anglo-indiana para 2013, além de Adrian Sutil, que foi dispensado da equipe de Vijay Mallya justamente para dar lugar a Hülkenberg. Entretanto, outros pilotos aparecem com força, como Jules Bianchi, atual reserva, o próprio Kobayashi e, com menos chances, Luiz Razia, que recentemente participou do teste com jovens pilotos pela Force India.

Segundo a BBC, Hülkenberg será o novo piloto da Sauber a partir de 2013 (Foto: Force India)

Oficialmente a Sauber não confirma o acordo com Hülkenberg e Gutiérrez, mas o próprio Peter Sauber, no dia em que completou 69 anos, disse que uma reportagem escrita por Roger Benoit, do diário suíço ‘Blick’ — uma espécie de voz não-oficial da Sauber —, apontando Nico e Gutiérrez como pilotos titulares para 2013, era uma possibilidade real.

À BBC, a sucessora de Peter Sauber e nova chefe de equipe de Hinwil, Monisha Kaltenborn, disse que o anúncio da nova dupla de pilotos para 2013 será feito “antes do fim desta temporada”.

Hülkenberg chega à Sauber como um dos nomes mais promissores desta nova geração da F1. Com 67 pontos conquistados em 35 GPs, o jovem alemão, de 25 anos, já conquistou uma pole-position, quando ainda corria pela Williams, em 2010, no Brasil. Depois de um ano como test-driver da Force India, Nico substituiu Sutil na equipe e, desde então, vem fazendo bom papel, ofuscando o badalado Paul di Resta. Neste domingo, Hülkenberg terminou o GP da Coreia do Sul em sexto e ultrapassou o escocês no Mundial de Pilotos. Agora o germânico tem 45 pontos — um a mais que Di Resta — e está em 12º.

Vinda de Gutiérrez para a Sauber assegura patrocínio da Telmex de Carlos Slim (Foto: Sauber/Facebook)

Por sua vez, Gutiérrez chega à F1 depois de dois anos correndo na GP2. Primeiro campeão da história da GP3, Esteban é oriundo do programa de jovens pilotos da Telmex, chamado de Escudería Telmex, que revelou Sergio ‘Checo’ Pérez. Assim como o novo piloto da McLaren, o futuro titular da Sauber carrega o forte patrocínio do conglomerado de empresas de Carlos Slim, homem mais rico do mundo, segundo a revista ‘Forbes’.

Correndo pela Lotus GP, Gutiérrez terminou a temporada 2012 da GP2 em terceiro, atrás dos veteranos David Valsecchi, campeão, e de Razia. Mas é o jovem de Monterrey quem vai realizar o desejo dos seus rivais na categoria de acesso e chegará ao grid da F1 a partir de 2013. A vinda de Gutiérrez serve também para que a Sauber continue recebendo os investimentos e patrocínios do México, como agora. Entre os patrocinadores da equipe suíça estão a Telmex, Telcel e Claro — todas empresas de Slim —, Ministério do Turismo, além da filial mexicana NEC e da rede equatoriana de lojas de materiais para construção Disensa, com forte influência no mercado mexicano.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube