Hülkenberg diz que está “batendo na porta” da Ferrari, mas admite: “Nacionalidade realmente não está a meu favor”

Nico Hülkenberg admitiu interesse na vaga da Ferrari, mas admitiu que não sabe se sua nacionalidade alemã vai pesar na decisão de Maranello. Piloto da Force India, no entanto, disse ter outras opções

A insatisfação da Ferrari com Kimi Räikkönen está alimentando a temporada de rumores na F1. Com o posto do finlandês ameaçado, surgiram inúmeros candidatos à vaga em Maranello, embora a imprensa italiana dê como certa a chegada de Valteri Bottas para o posto de companheiro de Sebastian.
 
Sem uma confirmação oficial da escuderia vermelha, os rumores seguem em alta, colocando Nico Hülkenberg na lista de candidatos a substituir Räikkönen.
Nico Hülkenberg admitiu interesse em ser companheiro de Sebastian Vettel na Ferrari (Foto: AP)
Falando à emissora alemã ZDF, Hülkenberg afirmou que está de olho na vaga na Ferrari e admitiu não saber se sua nacionalidade será um problema. Rumores indicam que a escuderia italiana não quer um piloto da Alemanha para formar dupla com Sebastian Vettel.
 
 “Acho que nas próximas semanas tudo ficará claro”, opinou. “Naturalmente, têm algumas opções que me interessam e ninguém diria não para a Ferrari. Eu também estou batendo naquela porta”, continuou.
 
“O fator da nacionalidade realmente não está a meu favor, mas se esse é um fator de descarte ou não, eu não sei. De qualquer forma, existem outras opções”, ponderou. “Tem alguns outros times que mostraram interesse em mim. Vamos ver”, contou.
 
Na visão de Hülkenberg, seu futuro também está atrelado às decisões de Kimi Räikkönen e Valtteri Bottas.
 
“Depende de como as coisas vão se desenrolar. O que acontece com Kimi? O que o Bottas vai fazer?”, questionou. “Assim que a primeira coisa acontecer, será um efeito dominó”, completou.
 
 
"A pergunta é se ele vai vestir azul como seu microfone ou vermelho como sua camisa”, disse Wolff em Silverstone.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube