Impressionado com Mercedes, Sutil cita “pacote forte” da rival, mas acha que é cedo para apontar favoritos

Para Adrian Sutil, pacote da Mercedes parece muito forte, mas ainda é cedo para apontar qualquer favoritismo. Sem se preocupar com o desempenho em Jerez, o piloto alemão aposta em evolução da Sauber para os testes no Bahrein

Adrian Sutil, agora piloto da Sauber, fez nesta segunda-feira (3) uma rápida análise dos testes em Jerez de la Frontera. Para o alemão, ainda está cedo para fazer qualquer prognóstico sobre a temporada, mas a Mercedes parece ter um pacote muito forte.
 
“Ainda é muito cedo para julgar quem está mais rápido. Para mim, o pacote da Mercedes parece muito forte, eles deram muitas voltas. Mas ainda é cedo, vamos ver”, disse Sutil.
 
Mais uma vez, Sutil aproveitou para comentar o desempenho do C33, carro da Sauber em 2014. Segundo o alemão, a equipe suíça não quis arriscar e preferiu realizar um teste diferenciado, sem buscar grandes voltas.
 
“Nosso teste foi um pouco diferente do resto. Eu não dirigi o mais rápido que pude, para nós, estava muito cedo para isto. O carro ainda não é consistente o bastante, falta um pouco de potência e as condições da pista não eram as melhores. Preferimos não arriscar”, explicou o alemão.

Para Sutil, a Mercedes parece ter largado na frente, mas muito ainda está por vir (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

 Sutil finalizou elogiando o pacote fornecido pela Ferrari, afirmando que a intenção da Sauber é dar muitas voltas rápidas no Bahrein.
 
“Estamos muito satisfeitos com o pacote da Ferrari que nos foi fornecido. Sinto que no Bahrein já teremos evoluído e a intenção é poder tirar tudo do carro nos próximos testes”, concluiu o piloto da Sauber.
 
Com motores Ferrari, a Sauber não foi destaque nos treinos em Jerez. O desempenho, porém, não foi dos piores, e os suíços estiveram na frente dos carros com motores Renault.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube