Insatisfeita com punição à Mercedes, Red Bull considera fazer teste secreto em protesto contra FIA, diz jornal

De acordo com o jornal britânico ‘The Times’, a Red Bull considera a possibilidade de realizar um teste privado, uma vez que, na opinião dos rubro-taurinos, o time de Brackley recebeu uma punição leve da FIA (Federação Internacional de Automobilismo)

O resultado do julgamento realizado pelo Tribunal Internacional da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) sobre o caso do teste secreto da Mercedes com a Pirelli não serviu para acalmar os ânimos na F1. O julgamento terminou com reprimendas para ambas, além da suspensão da equipe alemã do teste de novatos da F1.
 
De acordo com o jornal britânico ‘The Times’, insatisfeita com a punição, a Red Bull está avaliando a possibilidade de desafiar a FIA e o regulamento do Mundial realizando um teste privado. Segundo a publicação, a escuderia entende que os benefícios obtidos com um teste privado superam aqueles de um teste de novatos.
Red Bull não ficou satisfeita com a pena imposta pela FIA (Foto: Red Bull/Getty Images)
Além da Red Bull, a Ferrari também não ficou satisfeita com o resultado do julgamento e, ainda de acordo com a publicação, ambas manifestaram sua insatisfação a Bernie Ecclestone, o chefão da categoria.
 
À publicação britânica, um porta-voz da Ferrari disse: “Como pode uma reprimenda ser suficiente para punir um time que teve dificuldades no GP da Espanha, testou e aí venceu em Mônaco?”.
 
“Ninguém sabia sobre o teste, ainda assim, o tribunal parece não ter investigado o motivo e nem o que aconteceu exatamente”, apontou. “Não surpreende que os times estejam bravos. Eles estão fartos da FIA. As ameaças podem ser vazias no momento, mas o fato é que essas conversas que estão acontecendo mostram que ninguém está feliz com [Jean] Todt ou com a FIA. A crise está chegando e todos se perguntam quando e como. Talvez esta seja a hora”, concluiu. 

GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ o GP da Inglaterra, direto do circuito de Silverstone neste final de semana, com o repórter Renan do Couto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube