F1

Insatisfeito com ritmo da Mercedes, Hamilton vive “dia muito difícil” na Malásia: “Temos de rever tudo”

Apenas sexto colocado no primeiro dia de treinos para o GP da Malásia, Lewis Hamilton reconheceu que teve um dia muito difícil nesta sexta-feira (29). Britânico falou em encontrar rumo e reagrupar para as sessões de sábado

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Lewis Hamilton não começou o fim de semana do GP da Malásia em sua melhor forma. Nesta sexta-feira (29), o #44 fez a melhor de suas 15 voltas no treino da tarde em 1min32s677 e ficou apenas com a sexta colocação, 1s416 atrás de Sebastian Vettel, o líder dos trabalhos.
 
A Mercedes se mostrou fora do ritmo ainda na primeira sessão do dia, realizada com o asfalto molhado, mas seguiu na mesma batida de tarde, já com a pista seca. 
Lewis Hamilton admitiu dia "muito difícil" na Malásia (Foto: AFP)

Ainda sem entender a causa do fraco desempenho que o deixou atrás até mesmo de Fernando Alonso, Hamilton falou em encontrar o rumo e reagrupar antes dos treinos de sábado.
 
“Foi um dia muito difícil”, resumiu Hamilton. “Tive dificuldades com o carro hoje, então temos de rever tudo e tentar entender onde erramos com o equilíbrio”, apontou.
 
“Esperamos que possamos encontrar o rumo esta noite e reagrupar para amanhã”, concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da F1 na Malásia AO VIVO e em TEMPO REAL, com livetiming e gráfico interativo.


 
TORO ROSSO DEMOROU DEMAIS

REBAIXAMENTO SEGUIDO DE AFASTAMENTO DE KVYAT É TUDO, MENOS INJUSTO