Investigação da Force India aponta que acidente de Pérez na Hungria foi causado por uso excessivo das zebras

Diretor-técnico da Force India, Otmar Szafnauer afirmou que o acidente de Sergio Pérez no primeiro treino livre em Hungaroring foi causado por uma falha na suspensão resultante do uso excessivo das zebras

O acidente de Sergio Pérez na parte final do primeiro treino livre em Hungaroring foi causado por uma falha de suspensão resultante do uso excessivo das zebras.
 
O mexicano escapou na saída da curva 11, bateu na zebra e, com a quebra da suspensão traseira direita, acabou batendo no guard-rail interno e foi catapultado. Apesar do susto, Pérez deixou o carro sozinho e escapou ileso.
Sergio Pérez capota durante primeiro treino livre ena Hungria (Foto: Reprodução/Twitter)
 Falando à revista britânica ‘Autosport’, Otmar Szafnauer, diretor-esportivo da Force India, destacou que a carga na suspensão em Hungaroring é de diferente de todas as outras pistas.
 
“A falha foi resultado do fato de que a carga que vimos é diferente de qualquer outra pista do calendário”, disse Szafnauer. “Cada divisória da zebra é tão longa que, se você passa por cima delas por completa, gera uma frequência e uma carga que não encontra em nenhuma outra pista”, seguiu.
 
“Você ainda pode passar por cima delas, mas não ficar nelas para sempre”, apontou. “Mas nós temos de fortalecê-la significativamente quando voltarmos a base”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube