F1

Irvine vê Vettel “alvo fácil” e dispara: “Não é um tetracampeão mundial digno”

Ex-Ferrari, Eddie Irvine avaliou que Sebastian Vettel não é um tetracampeão digno. O ex-piloto considerou que o alemão é um “alvo fácil” e pode atrapalhar as chances de Charles Leclerc de conquistar o título da Fórmula 1

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Eddie Irvine fez comentários nada elogiosos sobre Sebastian Vettel. O ex-piloto da Ferrari classificou o alemão com “alvo fácil” e avaliou que ele não é um “tetracampeão mundial digno”.
 
Na visão de Irvine, apesar de Vettel ser “um piloto muito bom”, ele comete muitos erros na Fórmula 1. O ex-piloto disse, ainda, que não ficou surpreso em ver Sebastian superado por Charles Leclerc.
 
“Eu disse no começo do ano ― e todo mundo ficou maluco ― que Sebastian Vettel era um alvo fácil”, disse Irvine em entrevista ao site de apostas Betway. “Achei que Leclerc tinha boas chances de batê-lo, pois não acho que Vettel seja um tetracampeão mundial digno”, seguiu.
Sebastian Vettel (Foto: AFP)
Paddockast #40
QUEM VOCÊ ENTREVISTARIA NO GP DO BRASIL?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Acho que ele é um piloto muito bom, mas ele comete erros e eu nunca realmente achei que ele fosse assim tão rápido”, comentou. “Estamos vendo isso esse ano. Vimos isso com Daniel Ricciardo e estamos vendo isso de novo agora com Leclerc”, apontou.
 
Ainda, Irvine disse até mesmo que ficou surpreso com a contratação de Vettel pela Ferrari, já que “ele estava sendo destruído”.
 
“Vettel conseguiu um acordo incrível com a Ferrari. Fiquei surpreso quando eles o contrataram, pois foi num estágio em que ele estava sendo destruído”, recordou. “Acho que a Ferrari tem de focar no Leclerc, mas vimos nesta temporada que Vettel não foi sacrificado por ser um tetracampeão mundial. Eles perderam vitórias por causa disso”, comentou.
 
Por fim, Irvine alertou que Vettel pode acabar prejudicando as chances de Leclerc de conquistar o título, já que acaba sendo protegido por ter um currículo vitorioso. 
 
“Eu conheço Mattia Binotto muito bem. Ele foi meu engenheiro e é um cara esperto, super calmo, mas acho que essa é um das coisas com as quais ele tem de lidar, porque acho que Vettel pode prejudicar bastante as chances de Leclerc vencer o título, o que acho que Bottas não pode fazer com Hamilton”, ponderou. “O único cara que acho que pode correr no mesmo nível de Hamilton é Leclerc. Se você olhar para Vettel todas as vezes em que ele está em uma corrida, bem perto, ele vai ser o segundo melhor”, disparou.
 
“Hamilton sempre destrói Vettel em uma corrida ombro a ombro. Se você olhar para o que Leclerc fez com Hamilton em Monza, foi provavelmente ilegal, mas foi feito tão perfeitamente que foi difícil puni-lo por isso”, comentou. “Foi feito tão lindamente e é por isso que eu estava realmente interessado em ver Leclerc mais vezes ombro a ombro com Hamilton”, concluiu.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.