Todt revela que visita Schumacher ao menos duas vezes por mês: “Não vou deixá-lo sozinho”

Em recuperação de grave acidente de esqui em 2013, heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, segue sendo visitado regularmente pelo grande amigo e presidente da FIA, Jean Todt

Verstappen assume liderança da F1 após vitória: assista aos melhores momentos do GP de Mônaco (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Apesar das dificuldades relacionadas à recuperação do grave acidente de esqui que sofreu em 2013, nos Alpes Franceses, o heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, segue acompanhado de perto por um grande amigo: Jean Todt, atual presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

Em entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera, o mandatário da entidade máxima do automobilismo mundial afirmou que visita Schumacher ao menos em duas oportunidades por mês, mesmo com as restrições impostas pela pandemia de Covid-19. O francês mantém assim o relacionamento entre os dois e a família do heptacampeão de forma próxima, apesar das adversidades momentâneas.

“Eu vejo Michael pelo menos duas vezes por mês. Eu não vou deixá-lo sozinho. Ele, Corinna, a família: tivemos muitas experiências juntos. A beleza do que vivemos faz parte de nós e continua”, revelou.

Jean Todt e Michael Schumacher em 2002. A amizade entre os dois é de longa data (Foto: Reprodução)

Sem ter seu estado atual de saúde divulgado pela família, que desde o acidente em 2013 mantém sob grande sigilo a situação do multicampeão, Todt é uma das poucas pessoas com acesso ao ex-piloto, sendo visitante frequente da casa da família Schumacher.

O dirigente é um dos poucos, ou talvez o único, a se pronunciar sobre Michael. Em 2019, por exemplo, o francês foi perguntado sobre a condição do heptacampeão mundial e respondeu. “É algo muito privado. Michael está muito bem amparado, vive com sua família, na sua casa, entre Genebra e Lausanne. Continua lutando. É a única coisa que posso dizer no dia de hoje”, disse.

Segundo a imprensa alemã, os Schumacher vivem atualmente em Palma de Maiorca, na Espanha, mas o fato jamais foi confirmado pela família e tampouco pela agente, Sabine Kehm.

Todt, que foi comandante de Schumacher no início dos anos 2000, época em que o alemão empilhou cinco títulos consecutivos na Fórmula 1, mantém desde essa época uma forte relação com o sete vezes campeão mundial.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar