F1

Jos Verstappen opta por se afastar da condição de gerenciador da carreira de Max por crer que filho está “onde deveria”

Com a chegada de Max Verstappen na Red Bull, seu pai e ex-piloto da F1, Jos, afirmou que se afastará um pouco. Para ele, com o jovem holandês em uma equipe top, ele seria capaz de começar a cuidar de sua carreira
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 _L2Z2982
Max Verstappen parece ter chegado onde esperava, e seu pai Jos concorda. O ex-piloto da F1 é quem cuidava da carreira do filho e após ele conquistar um posto na Red Bull, anunciou que irá se afastar um pouco.
 
A equipe dos energéticos surpreendeu ao anunciar que rebaixaria Daniil Kvyat para seu time satélite Toro Rosso, promovendo o holandês para correr ao lado de Daniel Ricciardo.
 
Com a troca, então, Jos afirmou que este é o momento certo para deixar Max cuidar de sua carreira sozinho. “Posso ir aos boxes, isso não é um problema, mas acredito que neste estágio de sua carreira é melhor dar um passo para trás, pois agora ele está onde precisava estar”, disse.
Max Verstappen em Barcelona (Foto: Getty Images)
“Agora é sobre o Max, não sobre seu pai. Eu fiz meu trabalho até agora e hoje ele está em uma equipe top, onde deveria estar, e isso é ótimo. Também parei uma coluna com um jornal, pois não quero estar na frente. Eu quero estar atrás. Agora é com Helmut, Christian, Max, dizerem o que desejam, e não a mim”, continuou.
 
Por fim, Jos mostrou ter ficado orgulhoso de seu filho, e que deve ser encarado como um pai, e não um ex-piloto. “Estou aqui como um pai. A única coisa que quero dizer é que estou muito feliz com o que ele fez hoje”, encerrou.
 
No seu primeiro final de semana pela Red Bull Max Verstappen vem impressionando. Na classificação que aconteceu neste sábado (14), o jovem piloto fez incrível volta rápida, conquistando a quarta colocação do grid, a melhor de sua carreira.
O QUE ESTÁ POR TRÁS DO RECENTE NOTICIÁRIO SOBRE SCHUMACHER