Räikkönen detém maior jejum de pódios na F1 após terceiro lugar de Alonso no Catar

Depois de sete anos, Fernando Alonso chegou a um terceiro lugar na Fórmula 1 e deixou o posto de maior jejum de pódios para outro veterano: Kimi Räikkönen

F1 NO CATAR: HAMILTON VENCE, VERSTAPPEN 2°, ALONSO NO PÓDIO | Briefing

Após sete anos, Fernando Alonso jogou com sua experiência no Catar para terminar a 20ª etapa da temporada de 2021 na terceira colocação, o que significou ser seu primeiro pódio desde o GP da Hungria de 2014. Lá atrás, o asturiano ainda corria pela Ferrari, chegou à segunda colocação e, à época, garantia seu último banho de champanhe até então. E, pensando justamente nessa estatística, como está o jejum de pódios dos 20 pilotos do atual grid da Fórmula 1?

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O dono do carro #14 era quem guardava a pior estatística. No entanto, sem contar, obviamente, os pilotos que nunca subiram ao pódio — sejam os novatos Yuki Tsunoda, Nikita Mazepin e Mick Schumacher, ou mesmo Antonio Giovinazzi e Nicholas Latifi — o agora pior colocado, por assim dizer, é outro veterano: a última vez em que Kimi Räikkönen subiu ao pódio foi no GP do Brasil de 2018, há pouco mais de três anos, quando o finlandês cruzou a linha de chegada na terceira colocação.

Lance Stroll vem logo atrás de Räikkönen, embora tenha de lidar com um jejum menor. O canadense subiu pela terceira e última vez ao pódio no GP do Sakhir em 2020, quando chegou na terceira posição.

O pódio do GP do Catar foi especial com o vencedor Lewis Hamilton, o líder da F1 Max Verstappen e com o bicampeão Fernando Alonso (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Já pensando em jejuns dentro de 2021, Sebastian Vettel e Pierre Gasly lideram a estatística. Ambos os pilotos estiveram juntos no pódio do GP do Azerbaijão, na segunda e terceira posições, respectivamente, há pouco mais de cinco meses. Depois, na lista, aparece o nome de Charles Leclerc, que foi também ao seu único pódio em 2021 no GP da Inglaterra, em que ficou na segunda colocação, há quatro meses.

Para finalizar, ao vencer na Hungria há três meses, Esteban Ocon também conquistou seu último pódio na temporada até então. Já George Russell conquistou seu primeiro pódio em sua carreira há pouco mais de dois meses no GP da Bélgica, seguido por Daniel Ricciardo e Lando Norris com o primeiro e segundo lugares no GP da Itália.

Carlos Sainz Jr. figurou o pódio no GP da Rússia há pouco mais de um mês, enquanto Max Verstappen, Lewis Hamilton, Sergio Pérez e Valtteri Bottas apareceram com mais frequência nos pódios destas últimas corridas.

ALPINE x ALPHATAURI: QUEM LEVA A MELHOR NA F1 2021? | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar